Número de pastores candidatos cresce 40% nestas eleições

Charge via Reino em Movimento

Charge via Reino em Movimento

Gil Alessi, no UOL

As eleições deste ano contarão com 270 candidatos que se declararam pastores, um crescimento de 40% com relação ao pleito de 2010 –quando 193 pessoas disseram ocupar o cargo. Além disso, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) registrou a candidatura de 32 bispos (25% a menos do que em 2010) e 16 padres (30% a menos).

O PSC lidera a indicação de sacerdotes: são 37 clérigos evangélicos –um deles é o pastor Everaldo, que disputa a presidência da República pelo partido. Nas últimas pesquisas Datafolha e Ibope, ele estava em quarto lugar com 3% das intenções de voto.

Os partidos de esquerda lideram as indicações de párocos católicos: o PT conta com cinco padres, e o PC do B, com três. Nenhum candidato adotou o termo rabino ou imã.

A população evangélica do país cresceu 61,5% em dez anos e atingiu a marca de 42,3 milhões de fiéis, cerca de 22,2% da população brasileira, segundo dados do Censo 2010 do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), divulgado em 2012.

O voto evangélico é cortejado tanto pelo partido da presidente Dilma Rousseff (PT), quanto por seu principal adversário na disputa, o tucano Aécio Neves. Atualmente a bancada evangélica na Câmara Federal tem 66 parlamentares.

Nesta semana quinta-feira (31), a presidente deve participar da inauguração do Templo de Salomão da Igreja Universal do Reino de Deus. O local tem 74 mil metros quadrados de área construída (3,2 vezes maior a Basílica de Aparecida), o equivalente a 18 andares de altura e capacidade para 10 mil pessoas.

Durante as eleições presidenciais de 2010 a questão do aborto entrou na pauta dos candidatos. José Serra (então candidato do PSDB à Presidência) e seu vice, Índio da Costa (DEM), insinuaram que Dilma seria defensora da prática.

Propaganda no templo

No último dia 18, o pastor Everaldo participou de um culto evangélico em Brasília e intercalou orações e promessas para o futuro do país. A lei eleitoral proíbe a realização de campanha dentro de templos religiosos.

Se configurado o descumprimento da regra, o candidato pode ser multado por propaganda irregular. Os valores vão de R$ 2.000 a R$ 8.000. O candidato negou que tenha feito campanha. (Com Estadão Conteúdo)

Comentários

Um quarto das pessoas se diz doente ao voltar de férias

ferias

publicado no Terra

Voltar ao trabalho depois de uma viagem de férias pode ser traumático, principalmente se for no dia seguinte. De acordo com uma pesquisa da empresa de câmbio Travelex, um quarto das pessoas já disse estar doente pelo menos uma vez no dia de retorno, mesmo estando bem. Os dados são do jornal Daily Mail.

O levantamento ouviu a opinião de 2 mil trabalhadores que estavam de férias. Constatou que quase metade dos entrevistados admite voltar às atividades com distração e esquecimento. E essas atitudes típicas de quem estava relaxando tendem a irritar 30% dos colegas.

Ao retornar ao trabalho, cerca de um quarto passa sua hora de almoço sonhando com a próxima viagem. Quando se trata de se preparar para as férias, os turistas do sexo masculino tendem a fazer as malas no dia da partida, enquanto 40% das mulheres começam esse processo com uma semana de antecedência.

 

Comentários

Camisinha que mata vírus da Aids deve começar a ser vendida nos próximos meses

Gel pode matar também outros vírus como o da herpes e HPV (Foto: Paul Keller/flickr/creative commons)publicado na Galileu

Opreservativo é um método seguro para evitar as doenças sexualmente transmissíveis, mas não oferece uma proteção completa – falhas e infecções ainda podem ocorrer. Pensando em reduzir ainda mais estes riscos, a empresa farmacêutica australiana Starpharma desenvolveu um produto chamado Vivagel, capaz de neutralizar 99,9% dos vírus da Aids, herpes e HPV.

A substância foi recentemente aprovada pelo governo da Austrália, e uma parceria com a fabricante de preservativos Ansell promete, dentro dos próximos meses, colocar no mercado do país uma linha de camisinhas com o Vivagel incluído no lubrificante.

“Quanto maior o número de partículas virais a que se é exposto, isso tipicamente se traduz em uma chance maior de infecção”, disse a doutora Jackie Farley, executiva da Starpharma, em entrevista à rede australiana ABCNews.

Além do mercado australiano, a farmacêutica também já firmou parceria no Japão: a Okamoto, maior fabricante de preservativos do país, deve começar a produzir em breve uma linha com o gel. No Brasil, a Ansell marca presença com a marca Blowtex, portanto também tem a opção de vender camisinhas com o Vivagel por aqui.

 

Comentários

Artista genial mostra como seria o mundo caso pudéssemos enxergar o WiFi

28160435206419

Publicado no Tecmundo

WiFi, Bluetooth, 3G, 4G, TV digital… Vivemos em um ambiente recheado de ondas e sinais responsáveis por transmitir dados entre nossos dispositivos móveis sem o auxílio de fios. E isso já é algo tão normal que sequer paramos para pensar a bagunça que seria caso pudéssemos enxergar o fluxo dessas redes durante o nosso cotidiano. De fato, não conseguiríamos ficar um único minuto sem ver ondas de rádio onde quer que seja: no trabalho, na rua, no quarto e até mesmo no banheiro.

Foi filosofando sobre tal assunto que o fotógrafo Luis Hernan, aluno do curso de pós-graduação em Design Arquitetônico e Interativo da Universidade de Newcastle (na Inglaterra), resolveu trabalhar em um ensaio sensacional batizado como “Fotografia de espíritos – Espectro Wireless”, cujas imagens constituintes estão reunidas na galera logo abaixo. A ideia de Hernan é simples: registrar ambientes comuns que fazem parte do dia-a-dia de todos nós, mas preenchidos com feixes de luz que representam a intensidade do sinal de WiFi em cada área do ambiente.

Para criar tais fotografias, o inglês utilizou um dispositivo inventado por ele mesmo e que recebe o nome de Kirlian. Trata-se de uma pequena caixa de madeira, equipada com LEDs e uma placa Arduino, capaz de “ler” a intensidade de sinal de uma rede SSID previamente configurada e reagir a essa informação acendendo luzes de determinada cor. Tons mais quentes (como vermelho e laranja) significam maior recepção, enquanto as mais frias (verde e azul) se referem a zonas de baixa recepção.

Hernan simplesmente pendurou diversos Kirlians ao longo dos cenários e permitiu que eles se movessem enquanto registrava a cena usando técnicas de longa exposição. O resultado é sensacional, não concorda?

28160439636426

28160439246424

28160441555428

28160437094423

28160434832417

28160434613416

28160436579420

 

Comentários

Seis dias depois, Dilma Bolada volta às redes sociais

publicado no estadão

A personagem Dilma Bolada está de volta às redes sociais. Criada pelo estudante de publicidade Jeferson Monteiro, a página famosa pelas sátiras feitas à presidente Dilma Rousseff foi tirada do ar na quarta-feira passada, mas foi reativada pelo próprio dono do perfil nesta terça-feira, 29. No Facebook, o perfil de Dilma Bolada tem mais de 1,4 milhão de seguidores; e no Twitter, mais de 28 mil.

“Ela voltou! Dilma Bolada está de volta e se reclamarem, crio um fake do Lula! vlw flws”, escreveu Monteiro em sua página pessoal do Facebook na manhã desta terça.

Em entrevista ao Estado, Monteiro afirmou usou o tempo em que o perfil ficou desativado para pensar de valia a pena ou não correr os riscos de ser acusado de favorecer a petista e ser alvo de processos judiciais. Ele, porém, disse que optou por manter o apoio explícito à presidente e, por isso, reativou a personagem.

“Como eu disse dezenas de vezes, sou a favor da Dilma e estou com ela e não abro, isso deveria servir de exemplo para todos os blogueiros e ‘influenciadores’ da internet, porque tem um monte de gente fechado com partidos por aí, falando mal da Dilma, inventando mentiras e pagando de imparcial, apartidário, isso é absurdo. Se está apoiando alguém, fale abertamente, declare”, disse o estudante.

Ele também negou vínculos com o PSDB ou o PT quando decidiu em tirar Dilma Bolada do ar e quando optou em “ressuscitá-la”.

“Quando a Dilma Bolada saiu do ar, teve gente que disse que foi porque o PSDB comprou. Quando voltou, tem gente que fala que foi porque o PT que comprou. Tudo que eu faço agora vira teoria da conspiração, complicado”, afirmou.

Desde que desativou o perfil na quarta passada, Monteiro já dizia que a decisão não era definitiva. Ele resolveu tirá-la temporariamente do ar depois de avaliar que poderia ser acusado de “fazer a diferença” a favor da presidente que satiriza em Dilma Bolada agora que a campanha está nas ruas.

“Entramos no período eleitoral e esse ano não vai ser mole. Há alguns dias foi liberada a campanha e é muito ruim saber que você pode fazer a diferença mas ver que está quase sozinho no meio de uma tormenta que é a internet, e que tem tudo para piorar conforme 05/10 se aproximar”, escreveu Monteiro na ocasião.

Em maio, o perfil de Dilma Bolada esteve envolvido numa polêmica após Monteiro ter dito que foi convidado a trabalhar para a campanha presidencial de Aécio.

Ele afirmou na ocasião que foi procurado por uma agência de publicidade que prestava serviços a campanhas. “A agência tinha um plano de venda de apoio político das suas páginas para as Eleições Presidenciais deste ano”.

“A tal agência, por sua vez, disse que eles queriam que eu assinasse um contrato de exclusividade para garantir uma amarra da Dilma Bolada a eles e que pudessem efetuar a transação com os tucanos. Eu, é claro, não assinei coisa alguma”, segue Monteiro que afirmou ter demonstrado interesse na proposta apenas para ver até onde a agência iria.

 

Comentários