Jovens comprometem-se na defesa da Criação

Jovens das Igrejas presbiterianas e reformadas das sub-regiões Cone Sul e Andina reuniram-se no Encontro de Líderes Juvenis, realizado nos dias 19 a 23 de março, em Foz do Iguaçu, Brasil, sob o tema “Ações Juvenis para a Vida em Abundância”.

No encontro os jovens aprofundaram a espiritualidade, trocaram experiências e discutiram temas como justiça social, responsabilidade com a criação, responsabilidade ética-cristã, a identidade reformada, mantendo presente as idéias do reformador João Calvino, a partir de uma leitura dos sinais dos tempos e iluminados pela palavra de Deus.

“Como jovens cristãos que queremos assumir o chamado de Deus e na busca da construção de seu Reino (!?)”, dizem os jovens reformados e presbiterianos, “manifestamos nossas preocupações e reconhecemos nossa responsabilidade ao ter-nos esquecido de ser testemunhas de Jesus Cristo que se revela e nos renova, e do anúncio da vida em abundância para todos e todas.”

O reconhecimento dos jovens parte de um olhar crítico sobre a realidade econômica, firmada na especulação de um sistema criminoso que leva aos seres humanos a render culto ao mercado e condenar milhões de pessoas à morte. Também clama o nível de exploração dos recursos naturais, a contaminação do planeta e a degradação do meio ambiente que põe em risco todas as vidas na terra.

Os jovens apontam, ainda, a falta de compromisso de setores cristãos na defesa da vida e da dignidade humana, a utilização da palavra de Deus não para anunciar a vida, senão para legitimar causas injustas; o silêncio que se mantém diante da morte de milhões de pessoas que são condenadas à morte direta ou indiretamente pela falta de oportunidades, e o fato de pessoas se converterem em objetos manipuláveis do consumismo, que corrompe e afasta-as do projeto de Deus.

“Comprometemo-nos, apelando à nossa responsabilidade ética-cristã, a trabalhar para acabar com o pecado pessoal e social, escutando o chamado de Deus, que nos convida e nos acolhe para trabalhar pela defesa e o restabelecimento da criação e de nossa essência como seus filhos e filhas”, afirmam.

Dentre os compromissos assumidos pelos jovens reformados constam a conscientização das pessoas sobre o estado da Criação e as condições da humanidade, no intuito de “tirar a venda dos olhos”; fomentar o consumo responsável e em equilíbrio com a criação, adquirir produtos que se apresentam como necessidades de uso e não de abuso; ensinar para meninos e meninas os valores cristãos, para que eles se formem na busca de uma vida mais sadia para si e para o próximo; assumir a campanha continental de resistência ética contra o consumismo.

Os jovens da Região Cone Sul e Andina da Aliança de Igrejas Presbiterianas Reformadas da América Latina (AIPRAL) pertencem as igrejas Presbiteriana Independente do Brasil, Reformadas na Argentinas, Evangélica do Rio da Prata, Evangélica Valdense, Evangélica Congregacional do Paraguai, Presbiteriana do Chile, Evangélica Presbiteriana no Chile. Participaram, como representante de entidades fraternas, colegas das igrejas Presbiteriana dos Estados Unidos, Presbiteriana da Colômbia e do Conselho Latino-Americano de Igrejas CLAI.

fonte: Gnotícias

Elogiável e digno de incentivo a iniciativa desses manos. A restauração do ser humano passa não somente pelo seu resgate espiritual, mas na atuação em prol da harmonia entre este e o ambiente criado por Deus.
Somente não concordo com a tal “… construção de seu Reino”. Entendo que o Reino de Deus se instala no coração e não nas construções humanas -sejam elas do concreto ou da abstração. E somente a partir daí o Reino se revela ao mundo nas nossas ações voluntárias, como resposta à redenção, em direção ao meu próximo.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Jovens comprometem-se na defesa da Criação

Deixe o seu comentário