Obama salvador

Para homenagear Barack Obama por seus 100 primeiros dias na Casa Branca, o artista Michael D’Antuono ousou: retratou o presidente americano como ninguém menos que Jesus Cristo. Coroa de flores na cabeça, braços estendidos, a obra não deixa dúvidas de que o Obama é tido, pelo menos pelo autor da polêmica obra, como o novo messias, aquele que foi enviado à Terra para salvar a humanidade – ou pelo menos os EUA.

A peça – acrílíco sobre lona, 76cm x 137cm – será exibida no dia 29, quarta-feira, em plena Union Square, em Nova York. O autor se exime das críticas – e óbvias comparações – dizendo que a obra é “aberta a interpretações individuais”. É verdade, há algumas diferenças. A cruz não está lá. Em seu lugar, ao fundo, o selo presidencial. Obama, ao invés do seio desnudo, veste terno.

Mas mesmo o título da obra não deixa muita margem para dúvidas: “The Truth” (“A Verdade”, em português), faz referência a um trecho da Bíblia em que Jesus diz a João 14:6, “Eu sou o caminho, a verdade e a vida”. “Mais que um retrato do presidente, ‘A Verdade’ expressa o momento político, religioso e social que nosso país atravessa”, diz D’Antuono em material de divulgação da exibição de sua obra. “‘A verdade’, como a beleza, está nos olhos de quem vê”, diz o press release da mostra.
D’Antuono ainda convida o público a enviar para ele, por e-mail, suas reações à peça, respondendo à seguinte questão: “Qual a sua verdade?”

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Obama salvador

Deixe o seu comentário