Me ensina a ter paciência

Pagode pra god!
(tá bem, essa foi podre)

Escuta aí, o hit de sucesso evangélico gravado pelo grupo de pagode e “mundano” Pique Novo. Direto dos ministérios de louvores para Transcontinental, Band FM, Gazeta FM!!

Uma música de letra um pouco estranha”: “Quero subir o mais alto que eu puder”, “Largo tudo pra te seguir”, “Quero subir….e chamar sua atenção pra mim”

Agora quem de nós deseja ser ou buscar na pele e no dia-a-dia, sem ser daquele jeito espirituosamente, religioso e com muita esfera de louvor hipnótica (“pega na mão do seu irmão”, diga a ele: “você vai vencer, você vai andar sobre as águas”, “vai que vai” “vamos lá, sinta agora” ”olha o anjo, olha a bênção”)?

Quem quer “largar tudo” para “subir o mais alto” conforme Cristo ensinou?

Caso fosse possível, o galgar das “piracotécnicas realidades espirituais”, ao chegar ao cume do transe espiritual, Jesus iria olhar e falar: “O que você quer “aqui”ou que você espera encontrar? Quero que você me encontre no próximo, no carente, no que não se desvicia do mal”.

(…)quero voltar a ter um olhar puro e um coração paciente
preciso reconhecer-me como o abraço gentil que traz alívio ao doente,
nasci para compreender os excluídos e desprezar banalidades
fui chamado para ter misericórdia,doar a graça e caminhar sobre a verdade(…)
Thiago Grulha

De tanta distorção na anunciação das boas-novas, a música acaba se tornando o fundo musical para essa teologia apelativa, dada a evolução de modismo surpreendente a cada dia. Não pode ser descartada a possibilidade dela já ser um fruto enrustido ou escancarado disso…

Infelizmente vivemos uma época em que muitas coisas, intrinsecamente boa ou parcialmente boa, ganham, esmagadoramente, um emblema tolo de representatividade para dar um fundo musical a uma presepada espiritual.

Uma péssima teologia gera música péssima ou pelos menos, sendo a música razoavelmente boa, se mostra a serviço da tal péssima teologia, teologia esta que se transforma numa potestade religiosa que não sai nem com reza brava e impregna as TV’s, rádios, púlpitos, livros e mundo afora.

A letra até parece uma oração. Um pedido para Deus cuidar da nossa vida, porém, é muita ingenuidade, pensar que ela apenas representa uma oração atrevida e ousada (para não dizer egoísta): “Quero subir…e chamar sua atenção pra mim”.

Esta música foi posta como uma coroa daquilo que se prega hoje.

Não julgo o compositor e quem gosta dela, pois só Deus sabe a intenção do coração de cada um. Tenho amigos que após ouvir a música, se sensibilizaram mais para repensar sua vida em relação a Deus, pois querendo ou não, a música evidencia, em meio a tanta petição ousada e expressões bizarras – “o Senhor é meu bem maior, faz um milagre em mim” (interesseiro de cara larga J) – , que se precisa de Deus.

A letra, por mais tosca que possa ser sempre pode ter um efeito positivo em cada ser humano. E isso é bom.

Há também, música que tem uma letra tosca, porém tem um ritmo bom. Dá pra curtir pelo menos, como uma música boa de ouvir (não é o caso desta música para mim).

Assim essa música, de estilo aparentemente pedinte e profundamente egoísta e interesseira, retrata muito bem a identidade da igreja evangélica de hoje.

Moises Lourenço Gomes

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Me ensina a ter paciência

Deixe o seu comentário