Aqui só tem jumento, burro e lhama!

Esta turma que blogueia para Jesus é tudo gente de outro mundo mesmo. Graças a Deus!

Mas enquanto ando por este mundo, resolvi me afiliar a uma tribo bacana do povo de Deus: a turma dos eqüinos de Jesus, com muito orgulho.

E estou muito bem acompanhado. O Teóphilo Noturno, um dos fundadores da turma diz logo no início de seu blog: Tal qual a jumentinha de Balaão: não importa quem eu sou, mas sim o que estou dizendo!

Não pude deixar de refletir e extrair outras derivações… Logo vi que a coisa toda por trás desta conversa de eqüinos de Jesus é uma certa relutância em entender a teologia que não está na Bíblia. Burrice, dirão alguns. Talvez. Eqüinos não primam mesmo pela inteligência. Outros, mais misericordiosos, sabem que é temor… Afinal, quem tem lombo, teme chicote! E sela! Eu só aceito a de Jesus, sou seu escravo!

Não fosse bastante a nossa burrice para entender o new gospel, acompanha-nos a já proverbial teimosia dos eqüinos. Insistimos com a Verdade… Empacamos, diriam alguns.

Nem tudo são pitangas, nós jumentos, meno male, trabalhamos muito. Fazemos nossas coisas na vida e ainda a Obra por aqui. De GRAÇA! Como diz o Pava, nóis podia tar roubando… mas viramos blogueiro!

Eu bem que tentei ser jumento também, mas alguma coisa saiu errado e eu fiquei mais parecido com o burro amigo do Shrek. Deu bobeira com amigo meu eu saio dando coice mesmo…
Ah! Quanto me falta ainda para a mansidão.

Vai daí, que hoje aproveito o ensejo para sair em defesa de outro amigo eqüino, certa lhama… Oh! Leo! Brincadeira, viu… Mas este bicho ai, me disseram, é o eqüino peruano…

Quem foi ao o Púlpito sexta-feira leu a bela resposta dada pelo Leo a um partidário do semideus Marco Feliciano. Eu que recebi umas 20 do tipo por conta de minha recente campanha pela liberdade do ex-gato dele, o Foguinho Puro, e pelo artigo sobre sua participação pessoal no momento da criação do universo, não pude deixar de republicar aqui a resposta do Leo.

Quisera-me poder também mandar uma resposta bacana destas, mas infelizmente fico impedido de publicar a maioria dos comentários dos seguidores do Feliciano, dada quantidade de palavras de baixo calão gospel. Como assim? Palavrão de crente doido camarada… Eles xingam!

Por enquanto, fico no aguardo de um fã inteligente do Feliciano, já que, o melhor que me apareceu foi uma criatura que me ameaçou com o fogo eterno por ter “bulido” com um ungido de Deus… Em resposta ao dito cujo, aproveito para adiantar que já passei na IURJ e comprei meu óleo também e azeite por azeite, o meu é extra virgem e de Israel! Bluuuu!

Tirante este, teve outro, na mesma página de comentários, sustentando o estereótipo dos fãs deste camarada. Eu que não sou flôr que se cheire mesmo, andei me afiliando a tudo quanto é comunidade do ORKUT de admiradores do Feliciano. Não por maldade, mas por propósito. Onde mais iria achar tanta gente junta que acha o Marco um pregador prudente e bíblico? Claro, aproveitava a visita e deixava o link para o meu artigo crítico.

Pois não teve um xarope que veio até aqui, não deve ter lido o post, naturalmente, e deixou comentário elogiando a minha humilde pessoa por reconhecer os méritos do Marco Feliciano. Isto mesmo! Elogiando a minha espinafração! Obviamente, o Bucéfalo ficou só no título. Não podia ser diferente, afinal ele vai a igreja, ouve tudo quanto é besteira e é incapaz de abrir a Bíblia para ler sobre o que lhe foi ensinado. Por que iria ler o artigo? Foi logo dizendo amém. Trata-se de um eterno grávido de orelha. Vai gerar o que daí? Um monstro que vai carregá-lo direto para o colo do rabudo! Que Deus tenha misericórdia dele e o faça conhecer a Sua Santa Palavra, sem a tradução e dublagem destes picaretas.

Danilo Fernandes, no blog Genizah.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Aqui só tem jumento, burro e lhama!

Deixe o seu comentário