O fenômeno das redes sociais

O Brasil está se firmando como um dos benchmarks mundiais nessa área. Mais de 40 milhões de usuários de internet. O uso de redes sociais atinge 85% dos internautas – o segundo maior porcentual do mundo, de acordo com dados recentes divulgados pelo comScore. Em média, mais de 23 horas gastas online por mês – um recorde mundial, de acordo com o Ibope Nielsen Online.

Considerando que a população com acesso à internet no Brasil é, em números absolutos, maior do que a população da Polônia, é fácil entender por que tais números saltam aos olhos. Números que muitas vezes são negligenciados, assim como o potencial de mercado que isso significa.

No Brasil e na América Latina, as atividades preferidas dos internautas são aquelas relacionadas à interação entre pessoas, como o uso de redes sociais – de acordo com o comScore, em média mais de 25 minutos por dia. Em tempo gasto, trata-se da terceira atividade, apenas superada pelo acesso a portais e instant messengers, também uma plataforma interativa.

O antigo modelo, onde o conteúdo era criado por poucos, distribuído e chegava à audiência de forma passiva, não faz mais sentido na internet. Hoje, a audiência é também a criadora desse conteúdo. As pessoas distribuem e filtram as informações que lhes parecem mais interessantes.

As marcas que souberam ouvir o seu consumidor no ambiente online e que tinham claros a sua identidade e o que desejavam comunicar conseguiram estabelecer um diálogo com o usuário de forma natural e efetiva. Não dissimularam uma identidade. Ao invés de ignorarem boca a boca negativo, simplesmente usaram a mesma linguagem, entraram na “brincadeira” e responderam de forma divertida e à altura. Afinal, nada como a autoestima para se defender em um ambiente hostil.

O processo de compra, que sempre teve seu trajeto boca a boca, continua funcionando da mesma maneira – mas, agora, o “um para um” torna-se “um para muitos”. Ou “muitos para muitos”.
O purchase funnel conta com mais uma ferramenta – se um dos meus amigos nunca comprou algo que eu penso em comprar, certamente muitos usuários de internet o fizeram e falarão sobre isso. Bem ou mal, falarão da sua marca – e é necessário estar preparado para isso.

trechos do texto de Luciana Iodice Cepeda no Propaganda & Marketing.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for O fenômeno das redes sociais

Deixe o seu comentário