Umbandistas defendem feriado de Ogum (São Jorge) no STF

A Confederação Nacional do Comércio ajuizou ação direta de inconstitucionalidade (ADI 4092) para suprimir o feriado do dia 23 de abril, no Estado do Rio de Janeiro, em homenagem a São Jorge. Instituições religiosas afro-brasileiras, na condição de “amicus curiae”, apresentaram memorial defendendo o feriado, alegando que o santo é sincretizado na figura do Orixá Ogum.

fonte: Jus Navigandi
dica do Francisco Salerno Neto

se cada vertente religiosa tiver um feriado, melhor trocar logo o nome do país p/ “república federativa de macunaíma” e proibir o trabalho em todo o território nacional.

vale ressaltar ao menos 2 exemplos pífios do rebanho nessa área:

– placas na entrada de algumas cidades declarando que o município “é do senhor jesus”;

– instituição do “dia do evangélico”, “dia do pastor” e dia do “apóstolo querubim”.

sem contar a intolerância c/ qq tipo de obra artística relacionada ao folclore, cultura afro, muçulmana ou oriental. só se salvam os indefectíveis quadrinhos c/ versículos bíblicos vendidos aos borbotões na rua conde de sarzedas…

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Umbandistas defendem feriado de Ogum (São Jorge) no STF

Deixe o seu comentário