Brilha em mim

Recentemente, num retiro do conselho de pastores de uma grande cidade, os participantes tiveram de responder à seguinte pergunta: “Quantas pessoas são necessárias para trocar uma lâmpada?” As respostas dadas vão a seguir:

Um pastor presbiteriano respondeu assim: “Nenhuma. Se Deus quiser que a lâmpada seja trocada, Ele é soberano para fazê-lo sem nenhum esforço humano”.

Um pastor carismátivo, por sua vez, respondeu assim: “Nenhuma. A lâmpada não precisa ser trocada. Devemos orar para que ela seja curada”.

Um pastor pentecostal, respondeu: “Nenhuma. Nós simplesmente precisamos expulsar da lâmpada o demônio da escuridão”.

Já um pastor fundamentalista afirmou: “Nenhuma. Nós nem devemos adentrar naquela aposento porque precisamos nos manter separados das trevas”.

Um pastor batista respondeu assim: “Nenhuma. Se permitirmos o contato físico entre a lâmpada e uma pessoa pode dar em baile”.

O ministro wesleyano replicou:”Nenhuma. Se apenas mostrarmos à lâmpada sua necessidade, ela já possui em si mesma o poder para trocar-se”.

Um pastor não-denominacional disse: “Nenhuma. Nós não queremos que a lâmpada se sinta indesejada ou desconfortável”.

Esta pesquisa leva-nos crer o seguinte: não é a toa que os pastores sempre estão no escuro.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Brilha em mim

Deixe o seu comentário