À jato para o céu

Compahia aérea faz programa de milhagem para “clientes da igreja” – 22/05/2009

Hoje estava assistindo ao Show da Fé, programa apresentado pelo “missionário” RR Soares, o homem que aparece mais na TV que os garotos-propaganda da Casas Bahia, que o baixinho da Kaiser e que o garoto Bombril.

RR Soares é um mestre da persuasão. Hoje ele admitiu que seus fiéis são clientes da igreja. Ao anunciar que a companhia aérea Ocean Air disponibilizava um programa de milhagens aos fiéis e destinava uma porcentagem do que arrecadava com os clientes da igreja (termo utilizado pelo próprio “missionário”) a igreja.

Pergunto, se a igreja possui clientes e utiliza dele para garantir dividendos em parcerias comercias qual é o motivo delas continuarem isentas de impostos? Como pode uma instituição que paga milhões por um horário na TV não sofrer nenhum tipo de investigação da receita federal?

Já passou da hora das autoridades destinarem mais atenção a enriquecimento dos líderes destas instituições que livres de tributos arrecadam milhões.

Luis Gustavo Chapchap, no inNews.

Há um duplo sentido na frase atribuida pelo articulista ao Soares. Clientes da igreja, ou clientes da companhia aérea que são da igreja? De qualquer modo, é comércio escancarado visando a obtenção de recursos para a manutenção do que alegam ser a “obra de Deus”. Depois ainda tem gente que defende esse comércio descarado em cima da igreja. É a versão gospel (obviamente mais sofisticada e abrangente) das quermesses católicas para o sustento da paróquia. São os maus pastores que somente querem a carne e a lã da ovelha. Para esses, o fim já sabemos qual é.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for À jato para o céu

Deixe o seu comentário