Pirâmide "bíblica" via internet

Brasileiros residentes em Massachusetts se veem novamente às voltas com um esquema de pirâmide. O “Elite Activity Resurrected” promete muito dinheiro em pouco tempo. Pastores brasileiros estão preocupados com a participação da comunidade.

De acordo com notícia do GateHouse News Service, grande número de brasileiros participantes do esquema mora na área MetroWest e na Grande Boston. Trata-se de um “círculo contínuo” que, segundo o Pastor Josimar Salum de Worcester, se espalhou feito um vírus.

O burburinho sobre a pirâmide operada via internet começou há um mês, segundo o pastor. “Parece que as pessoas não acreditam em dinheiro ganho com trabalho árduo”, disse ele. Segundo o website do esquema, os convidados precisam fazer uma “doação” de $100, a qual será a única “doação que sairá do seu bolso”.

Cada participante precisa convidar duas pessoas, as quais convidam mais duas, e quanto mais pessoas alguém convidar, mais rápida é a movimentação pelos ciclos. Ainda segundo o site, a doação de $100 pode render a quantia de $800, $2,000, $4,000, $8,000, $16,000, $32,000, e até mesmo $48,000.

No website consta somente um endereço em Salt Lake City, Utah, e não há um número de telefone. O site menciona ainda Harvey J. Dockstader Jr. como fundador do Elite Activity. Segundo ele, o website foi inspirado nos ensinamentos da Bíblia e em Deus. O fundador do esquema está cumprindo dois anos de prisão em Houston, Texas, exatamente pelo esquema de pirâmide.

Foram alguns brasileiros residentes na Flórida que falaram para os brasileiros de Massachusetts sobre o esquema rendoso, que se auto-intitula “sistema da crença”. Residente em Somerville, Paulo Notaro disse que foi atraído pela possibilidade de ajudar outras pessoas, e não acredita em esquema ilegal. “Se o fundador está preso, como dizem, como o site ainda está funcionando?”, questionou.

“Beneficiando” a comunidade

Paulo se juntou ao esquema há somente cerca de três semanas, e já convidou duas pessoas, esperando ganhar algum benefício. Assim que souberam da pirâmide, os pastores brasileiros já soltaram suas críticas, como por exemplo o Pastor Samuel Neto. O religioso teme que o caso Foneclub se repita.

Criado por um brasileiro, o Universo Foneclub Corp. usou do esquema de pirâmide que arrecadou mais de $3 milhões. Quando a empresa foi fehada pela Securities and Exchange Commission (SEC), em junho de 2006, já havia pago quase $1.4 milhões para os investidores, que somavam quase 1.300. Os investidores obtiveram a maioria do dinheiro congelado pela SEC de volta.

Não há uma confirmação oficial se a SEC está ou não investigando a Elite, segundo o advogado John Dugan. De acordo com o Pastor Salum, este apego ao dinheiro, demonstrado pelas pessoas, pode decepcioná-las. O que mais chateia o religioso é ver pastores promovendo esta pirâmide. “Um pastor me disse outro dia ‘Você acabou com o meu negócio’. Minha obrigação como pastor é ajudar as pessoas, não ganhar dinheiro fora da congregação”.

fonte: Comunidade News
dica do Rodney Eloy

o grifo no final do texto é meu.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Pirâmide "bíblica" via internet

Deixe o seu comentário