Os novos fundamentalistas

Chegará a hora em que o fundamentalismo religioso, tanto Islâmico quanto o da Nova Era [que é um caleidoscópio de todas as formas de gnosticismo esotérico e espiritualista], pela certeza da falência espiritual, moral, histórica do Cristianismo, haverão de se tornar cada vez mais agressivos; e, expressarão tal agressividade contra os cristãos e o Cristianismo, como quem preta culto a Deus; seja lá qual for “o Deus” ou “o Ungido” que aguardem nesta Era de Aquários.

Todos os textos que posto aqui sobre Esoterismo, Budismo, Islamismo, Nova Era, ou mesmo sobre as “viagens” deles acerca de fazer Jesus não-histórico, de um lado, na mesma medida em que se servem dos mesmos evangelhos que denunciam como fabricação humana dos cristãos, a fim de reforçar, quando é conveniente, a idéia de Jesus como o Representante da Era que passou e da qual o “Cristianismo” foi a incorporação histórica — recebem [os textos] resposta imediata e dogmática de alguém que se diz representante de tais idéias e que me escreve com “Quero veementemente protestar de modo ABSOLUTO contra o que você escreveu…”

Ou seja: a maioria desses são ex-cristãos, os quais ficaram cansados do Cristianismo e sua burrice humana e espiritual, e, agora, uma vez que pensam que o que de Jesus se poderia conhecer é revelado pelo Cristianismo, e como não é assim…, ficam com o engano de que souberam o que é o Evangelho…, mas, pelo que ficaram sabendo e viram…, perceberam que nada ali era verdade…

Ora, para tais pessoas o “Cristianismo” é o ente que oferece o que Jesus teria a oferecer…; ou seja: nada além do Cristianismo…

Assim, dentro de mais um tempo, nem tanto já aqui no Brasil e no chamado antigo 3º Mundo, mas logo, logo na Europa e nos Estados Unidos, se verá este tipo de embate cada vez mais acentuado.

Eu aprendi a gostar de perseguição, pois, vejo que sempre foi dela que surgiu o susto que acordou os discípulos desde sempre!

Interessante em meio a tudo isto é verificar que o “Código Da Vince” se tornou a “bíblia” deste novo tempo, não como livro de leitura, mas como ficção mais levada a sério do que a Bíblia.

Com a Era Da Vince os “Evangelhos Apócrifos” de Filipe, Maria Madalena e Judas [obras do 3º século e produzidas por gnósticos, fazendo adaptação de Jesus às suas próprias crenças e interesses] — tornaram-se os evangelhos deste tempo, visto que foi a partir deles que Dan Brown, o crente Davinciano e autor do livro templário pós-moderno, o tal “Código Da Vince”, erigiu sua tese fabulosa…

O fato é que cada um come o que gosta e no fim é tudo a mesma…

Nós, porém, cada vez com mais ousadia, pregaremos cada vez mais apenas o Evangelho!

Entretanto, não dá mais para ficar sabendo do Evangelho apenas aquilo que as “igrejas” ensinam, pois, agora, o nível de articulação e compreensão tem que ser bem mais profundo; e os crentes não estão preparados para nada disso.

A cabecinha oca dos cristãos…, sem razão da esperança e sem conhecimento de Jesus, não suportará a avalanche de criações e de argumentos que estão sendo montados todos os dias…

A ignorância dos cristãos sobre a Palavra os deixa em estado de total vulnerabilidade; e digo isto pelo nível de conflito que tais coisas geram na mente dos crentes, que me escrevem aturdidos, querendo saber se realmente a história de Jesus se parece com as histórias dos mitos egípcios, gregos, celtas, etc…

E fazem isto com a fraqueza dos que nunca conheceram o Evangelho e com o conflito de quem se deixa persuadir por qualquer argumento; afinal, até o “argumento” cristão os convenceu um dia, o que prova que são convencíveis por qualquer argumento, posto que no “Cristianismo” os argumentos só sejam validos para quem não tenha mesmo o que dizer, posto que o “Cristianismo” só convença “cristãos”…

É hora de voltar a ler a Palavra. É hora de ficar culto no espírito. É hora de saber o que está acontecendo… É hora de estar mais que esperto e com os olhos bem abertos!

A esta altura já deve haver “cristãos” se preparando para a briga… São os Cruzados Modernos… Acham que vão ganhar esta no braço, quando nem sabem que no tempo que tinham poder, na virada do 1º para o 2º milênio, ainda assim “perderam” para Saladino.

Jesus prometeu que a Sua Igreja venceria o Inferno, mas nada disse sobre o “Cristianismo”, o qual não carrega nenhuma promessa de Jesus feita a Constantino, o fundador do Cristianismo.

Chegará a hora em que toda brincadeira “gospel” acabará no mundo inteiro, e, nesse tempo, somente quem andar com Jesus mesmo e no Evangelho de verdade, é que suportará a pressão.

O que está acontecendo ainda no Brasil, com todo esse show de paganidade cristã na Televisão, e na mídia em geral, não é o que está acontecendo na Terra.

Portanto, não pense que no mundo as coisas são como são aqui, pois, de fato, já não são, e, possivelmente, jamais voltem a ser…

Aqui, pela religiosidade católica e pela força de massa dos Evangélicos, ainda se terá tanto o circo como a liberdade para praticá-lo por um bom tempo…

Mas, não durará também para sempre…

Ora, quanto antes tudo isto aconteça, antes se verá quem é quem; quem crê mesmo…

Pense nisso e tome posições espirituais sérias!

Nele, que não nos deixou desavisados,

Caio.

fonte: Caio Fábio

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Os novos fundamentalistas

Deixe o seu comentário