Pobres moços (54)

“Ele era tudo de bom”, conta a prima Jancarla Silva, a Jan. Alma doce e espirituosa, Pablo Patrick da Silva, 21 anos, foi assassinado em 22 de maio. Numa noite de segunda-feira, ladrões o emboscaram na porta de casa, em busca de um cofre. Levaram-no para dentro do sobrado, e renderam o pai, João Pires, e a mãe, Maria Encarnação. O bando se irritou com a inexistência do cofre. Pablo e João foram alvejados.

O pai morreu no mesmo dia, enquanto Pablo só teve a morte cerebral decretada na tarde de terça; à noite, a mãe – que enfrentava um câncer – sofreu um enfarto fulminante. Da família, restou apenas a irmã, Jacqueline.

Muito antes de morrer, Pablo havia manifestado, espontaneamente, o desejo de ser doador de órgãos. Evitava entrar em discussões sérias, mas não hesitou quanto a essa decisão. Seus órgãos se espalharam em sete vidas. Para Jancarla, sem risco de ser rejeitado: “Ele não tinha maldade no coração”.

Fonte: Terra Magazine

O Terra Magazine, através da série “Brasil: guerra urbana”, está contando a história de 10 brasileiros comuns, que foram assassinados em uma guerra que desde 1979 já matou 1 milhão de pessoas no Brasil. Pablo Silva, de 21 anos, é uma das vítimas desta guerra.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Pobres moços (54)

Deixe o seu comentário