O blog dos 30 ‘eus’ se difere dos manjados coletivos literários

Em um momento em que os blogs viram filtros de notícia e ficam mais parecidos com os portais da internet, surge uma iniciativa que tem a cara da dita blogosfera de alguns anos atrás – escritores que usam a página para escrever, não importa o espaço e o assunto.

Liberdade total onde o texto predomina – são crônicas, críticas, fotografias, poemas, poesias, enfim, o que sair da cachola de 30 cabeças pensantes. Conheçam o Blog das 30 Pessoas.

No ar há quase 2 meses, o projeto reuniu um time de 30 blogueiros, de perfis muito distintos, para escreverem no site apenas uma vez por mês. Todo dia é dia de algo quente e de autoria diferente. O resultado é pra lá de interessante e deixa a seguinte pergunta no ar: como ninguém pensou nisso antes?

O Virgula conversou com o jornalista paulistano Lucas Guedes, de 28 anos. Ele é o criador do site, mas faz questão de dizer que o site é um grande coletivo, uma comunidade de 30 “eus”.

Como surgiu a ideia do blog? Foi inspirado em algum projeto semelhante?

Tenho outros blogs, mas o que mais escrevo, desde 2005, é o condussão. De uns tempos pra cá, pela correria do dia a dia, eu postava muito pouco e quando via meu blogroll percebia que a maioria dos blogs linkados também não estava atualizada. E eu sabia que era por falta de tempo ou, talvez, preguiça dos blogueiros. Então pensei: “poxa, seria bacana um blog em que cada pessoa escrevesse apenas uma vez por mês, pois não teria desculpa por não postar”. A pessoa escreve hoje e tem 29 dias pra pensar no próximo post! Sei que há outros blogs coletivos, mas com esta organização, em que cada um escreve um post por dia, durante 30 dias, desconheço. Leia +.

fonte: Vírgula

escrevo lá no dia 30. recomendo passar por lá diariamente! =)

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for O blog dos 30 ‘eus’ se difere dos manjados coletivos literários

Deixe o seu comentário