Infinitamente rico em amor

É a Onipotência do Calvário que revela a verdadeira natureza da Onipotência do ser infinito. A humildade do amor oferece a chave: é necessário pouco poder para se exibir, é necessário muito poder para apagar a si mesmo.

Deus é um poder ilimitado de apagamento de si. Deus é infinitamente rico. Mais rico em amor, não em haveres. […] Riqueza em amor e pobreza são sinônimos.

Deus é soberanamente independente, portanto livre. Mas livre para ir até o fim do amor. O fim do amor é a renúncia à independência. No limite, é a morte.

Padre Varillon em l’Humilité de Dieu, citado por Jean Delumeau em À espera da aurora (Loyola).

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Infinitamente rico em amor

Deixe o seu comentário