Onde foi que eu errei (2)

“Os católicos roubaram a minha fé, os evangélicos as minhas obras” disse o teólogo Emilio Antonio Núñez para um grupo de acadêmicos de diferentes igrejas guatemaltecas que participam da conferência “Rostos do Protestantismo na Guatemala”, reunida nesta capital de 28 a 30 de julho.

Antonio Otzoy

Núñez compartilha sua vivência religiosa. “Os católicos me afirmaram na prática das obras sociais, mas roubaram a minha fé; os protestantes me afirmaram na fé, mas roubaram minhas obras sociais. Agora vejo a necessidade de um equilíbrio entre a fé e as obras”, afirmou.

O teólogo também abordou a relação entre fé e política. Ele declarou-se um político, porque mesmo que alguém se apresente como apolítico, já é político, disse.

Sobre a prática cristã, defendeu que não é possível apenas despertar emoções, de não apontar pecados para não ofender. “Faz falta o Evangelho que se possa ver e ouvir”, frisou, emendando: “É preciso evangelizar com a vida”.

Emilio Antonio Núñez Castañeda é salvadorenho, reside na Guatemala desde 1944. Foi um dos fundadores e primeiro reitor do Seminário Teológico Centro-Americano e membro do grupo fundador da Fraternidade Teológica Latino-Americana.

Fonte: ALC

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Onde foi que eu errei (2)

Deixe o seu comentário