N. T. Wright responde

“Dick Staub (Christianity Today): O que aprendemos sobre ser Cristão das palavras radicais do chamado de Jesus [para seus] discípulos?

N.T Wright (Bispo de Durham, Inglaterra): […] Quando Paulo fala sobre “se você confessar com seus lábios que Jesus é Senhor”, uma das coisas que ele quer dizer, é claro, é confessar que César não é senhor.”

Dick Staub (Christianity Today): O que Jesus quis dizer quando disse “esqueça os seus próprios interesses, esteja pronto para morrer como eu vou morrer e me acompanhe” ?

N.T Wright (Bispo de Durham, Inglaterra): Eles teriam ouvido isto de uma forma que chamaríamos “termos políticos”. Isto significa fazer algo que lhe torna suscetível a arrumar problemas sérios com as autoridades, porque a crucificação não é algo que acontece simplesmente porque alguém não gosta das suas idéias religiosas. É algo que acontece porque alguém pensa que você é um perigo para o Estado ou à ordem pública deles. Agora, nós fomos para tão longe disso no mundo moderno ocidental – e longe disso de eu fazer de tudo para ir rumo a um desastre na justiça ou a um confronto judicial – mas eu penso que nós temos que nos preparar para dizer ‘não, este evangelho nos chama para uma forma de vida que radicalmente desafia as formas de vida que as autoridades comumente nos empurram goela abaixo.'”

Trechos da entrevista do Bispo de Durham na Inglaterra, N. T. Wright.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for N. T. Wright responde

Deixe o seu comentário