Lições fundamentais de branding

“A marca é uma entidade viva, enriquecida ou solapada de modo cumulativo ao longo do tempo, em decorrência de milhares de pequenos gestos.”
Michel Eisner

Empresas e pessoas são seres sociais. Só existem, socialmente, se capazes forem de realizar a comunicação. Se o fizerem com sensibilidade e inteligência, entendendo e respeitando as expectativas das demais pessoas, sem se descaracterizar, candidatam-se a se alojar, para sempre, na cabeça e no coração delas. De se converterem em marcas de valor. De merecerem os versos do poeta inglês John Keats, “A think of beauty is a joy forever”.

Martha Medeiros, cronista da melhor qualidade, muitos livros publicados, leitura obrigatória da revista O Globo, em sua crônica do dia 31 de maio de 2009, nos oferece importantes lições sobre marketing pessoal. Claro que Martha não tratou dessa maneira, mas todos os seus comentários e recomendações constituem lições básicas para todas as pessoas que pretendam construir e ser marca de valor na cabeça e no coração das pessoas que gostariam que as admirassem. Lições fundamentais de branding.

Com vocês, lições de branding, por Martha Medeiros, na leitura deste seu admirador:

1 – Existe uma sutil diferença entre ser autêntico e ser grosso. É muita inocência achar que podemos prescindir de uma certa performance social;

2 – É um desrespeito uma pessoa fazer questão de demonstrar que não compactua com uma determinada ocasião. São os casos daqueles que se emburram em torno de uma mesa de jantar e não fazem a menor questão de serem agradáveis. Pode ser num restaurante ou mesmo na casa de alguém: estão todos confraternizando, menos a “vítima”;

3 – Não importa a situação: saiu de casa, esforce-se. Não precisa virar o mestre de cerimônias da noite, mas ao menos agracie seus semelhantes com dois ou três sorrisos. Não dói;

4 – Dentro da igreja, ajoelhe-se. No estádio de futebol, grite pelo seu time. Numa festa, comemore. Durante um beijo, apaixone-se. De frente para o mar, dispa-se. Reencontrou um amigo, escute-o;

5 – Ou faça de outro jeito, se preferir: dentro da igreja, escute-O. Durante um beijo, dispa-se. No estádio de futebol, apaixone-se. De frente para o mar, ajoelhe-se. Numa festa, grite pelo seu time. Reencontrou um amigo, comemore;

6 – Esteja, entregue-se;

7 – Se não quiser participar, tudo bem, então fique na sua: na sua casa, no seu canto, na sua respeitável solidão. Melhor uma ausência honesta do que uma presença desaforada.

Isso posto, e se você pretende deixar uma marca de qualidade quando partir, também não se esqueça das recomendações de Vinicius de Moraes, “para isso fomos feitos, para lembrarmos e ser lembrados”, ou no berimbau, com Baden, “quem de dentro de si não sai, vai morrer sem amar ninguém”.

Francisco A. Madia, no Propaganda & Marketing.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Lições fundamentais de branding

Deixe o seu comentário