Pequeno Guia Espiritual de Pedro Alice*

Nesta época de dissolução da família e decadência dos valores morais que, eclipsados pelo narcisismo materialista auto-indulgente da civilização ocidental, ameaçam extinguir-se sem deixar rastro. O fruto amargo desta tragédia já pode ser degustado: ódio, violência, drogadição, alcoolismo, pederastia, suicídio, aborto, depressão, obesidade.

Este guia foi concebido no intuito de estimular as novas gerações, principalmente as crianças, a desvendar o rico e estimulante universo da vida espiritual.

Democraticamente são abordadas diversas religiões, onde o leitor terá a oportunidade de escolher a forma de comunhão com o Ser Supremo e a Eternidade com que melhor se identificar.
Inspirado no trabalho do renomado pedagogo, psicólogo infantil e proctologista, rev. Ambrose Hawtorne Bierce.


Catolicismo

Culto gastronômico onde deveremos beber o sangue de Deus, e comer sua carne. Isto não será feito por sadismo, e sim para melhor absorver a divindade através de nossos intestinos.

Protestantismo
Versão menos canibal do catolicismo que não tentará nos deprimir através do uso de imagens, pois prefere utilizar a música para atingir este objetivo.

Evangélicos Pentecostais
Miríades de seitas que possuem um ponto em comum: nelas você poderá ter tanto Deus quanto puder comprar. No Brasil permite-se o futebol com estátuas.

Budismo
Religião na qual você precisará morrer muitas vezes, algumas delas no zoológico.

Judaísmo

Fé onde os meninos terão seu pênis mutilado. Em compensação, poderão usar um chapeuzinho.

Islamismo
Crença que concede à mulher o privilégio de vestir-se com uma barraca.

Espiritismo
Manifestação religiosa que permite que você se divirta conversando com fantasmas.

Ateísmo
No ateísmo, ao contrário das outras religiões, você desperdiçará o seu tempo com as coisas nas quais não acredita.

*Pedro Alice, teólogo e artista gráfico.

fonte: Allan Sieber

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Pequeno Guia Espiritual de Pedro Alice*

Deixe o seu comentário