Zibia Gasparetto processa editora do livro "Sem Medo de Viver"

Autora de “Vencendo o Passado”, “Voltas que a Vida dá” e “O Amanhã a Deus Pertence”, a escritora Zibia Gasparetto pediu à Justiça que determine a retirada de circulação do país o livro “Sem Medo de Viver”, do pastor americano Max Lucado.

A informação foi publicada pela coluna de Mônica Bergamo nesta segunda-feira na Folha (íntegra disponível para assinantes do UOL e do jornal).

A autora de “Eles Continuam entre Nós” argumenta que o título é o mesmo de sua obra publicada em 1986, e isso confundiria os leitores brasileiros.

A editora Thomas Nelson, que publicou a obra do pastor, disse à coluna que não foi notificada ainda.

Perfil

Zibia Gasparetto nasceu em Campinas (interior de São Paulo), em 29 de julho de 1926. Ela viveu na cidade apenas até os 6 anos, quando se mudou para a capital paulista, onde vive até hoje. Descendente de italianos, a escritora casou aos 20 anos com Aldo Luiz Gasparetto, que já morreu.

Ela teve quatro filhos: Pedro (o mais velho) e Irineu (o terceiro) administram o curtume herdado do pai, em Mogi das Cruzes, na Grande São Paulo; Luiz Antonio é médium, psicólogo e escritor; e Silvana é braço direito da mãe na editora Vida & Consciência.

Zibia aprendeu a ler aos 4 anos e, aos 8, passava horas sentada, escrevendo histórias. Parou de escrever na adolescência e só retornou a redação na forma de psicografia (o espírito escreve por meio do médium), aos 22 anos. Nessa época, ela e o marido começaram a estudar os livros de Allan Kardec e a frequentar reuniões da Federação Espírita de São Paulo.

fonte: Folha Online
dica do Jarbas Aragão

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Zibia Gasparetto processa editora do livro "Sem Medo de Viver"

Deixe o seu comentário