Estudo aponta que Twitter e redes sociais custam bilhões em produtividade

Pelo menos US$ 2,25 bilhões ao ano. Esse é o valor que o uso do Twitter e de redes sociais custa para empresas no Reino Unido, revela uma pesquisa feita no país, pela consultoria Morse.

O estudo avaliou os hábitos de funcionários em 1460 escritórios. Dos entrevistados, 57% disseram usar sites de redes sociais para uso pessoal. O tempo estimado de uso pelos colaboradores é de ao menos 40 minutos de sua jornada semanal, para posts de mensagens no microblog ou acompanhar perfis no Facebook, tempo que equivale a uma semana de trabalho a cada ano.

Segundo a pesquisa, o Twitter e outras redes sociais prejudicariam a produtividade dos funcionários, já que, ao contrário de mensagens instantâneas, não agilizam a comunicação para os negócios.

Apesar de fazer essa análise, o estudo diz que proibir esse tipo de comunicação para a “geração plugada” da atualidade é um risco para a motivação dos funcionários. A sugestão da consultoria é o uso moderado das redes sociais.

fonte: Comunique-se

remonta a Taylor esse tipo de raciocínio s/ produtividade, como se todos os funcionários de uma empresa passassem 100% do tempo concentrados em suas tarefas. se o Twitter for proibido, esse mesmo tempo será usado no cafezinho, por exemplo. besteira…

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Estudo aponta que Twitter e redes sociais custam bilhões em produtividade

Deixe o seu comentário