São tantas coisinhas miúdas (13)

O sujeito desabafa com seu melhor amigo, daqueles que se tem desde os tempos de infância.

– Cara… não dá mais pra viver assim… Eu morro de vergonha do tamanho ridículo do meu pênis… Acho que eu vou me suicidar

E o “mui amigo”, preocupado em não deixar que a depressão se apodere do pobre homem, responde:

– Calma, Adolfo. Não é bem assim… Ânimo, rapaz. Vai deixar que uma coisinha tão pequena como essa acabe com a sua vida?

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for São tantas coisinhas miúdas (13)

Deixe o seu comentário