Nascidos para o amor

Cientistas estão desafiando crenças aceitas há décadas – na época apresentadas como descobertas científicas – de que os seres humanos seriam fisiologicamente constituídos para serem egoístas.

Esta noção ganhou a adesão de grande parte da comunidade científica principalmente através

dos trabalhos do cientista e pregador ateu Richard Dawkins, através de seu livro “O Gene Egoísta”. Hoje, grande parte dos próprios geneticistas discorda das conclusões de Dawkins.

Evolução para a compaixão

Pesquisadores da Universidade de Berkeley, nos Estados Unidos, depois de realizarem uma vasta gama de estudos, afirmam ter coletado um grande conjunto de evidências que demonstra que nós estamos evoluindo para nos tornarmos mais cheios de compaixão e mais colaborativos em nossa busca para sobreviver e prosperar.

Em contraste com o “cada um por si” de muitas interpretações da teoria da evolução pela seleção natural, o psicólogo Dacher Keltner e seus colegas defendem que os seres humanos são tão bem-sucedidos como espécie precisamente por causa do nosso carinho, altruísmo e compaixão.

“Eles chamam esse mecanismo de “sobrevivência do mais bondoso.” O trabalho resultou no livro “Nascido para ser Bom: A Ciência da Vida Plena,” ainda sem tradução no Brasil.

Habilidade para cuidar dos outros

“Como nossas crianças são muito vulneráveis, a tarefa fundamental para a sobrevivência humana e para a replicação dos nossos genes é tomar conta dos outros,” afirma Keltner. “Os seres humanos têm sobrevivido como espécie porque nós evoluímos nossa capacidade de cuidar das pessoas que necessitam e para cooperar. Como Darwin há muito tempo supôs, a simpatia é o nosso instinto mais forte.”

A equipe de Keltner está estudando como a capacidade humana de cuidar e cooperar com os outros está implantada em regiões específicas do cérebro e do sistema nervoso. Um estudo recente descobriu evidências convincentes de que muitos de nós somos geneticamente predispostos a sermos compreensivos e termos empatia. Leia + AQUI

Fonte: DIÁRIO DA SAÚDE

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Nascidos para o amor

Deixe o seu comentário