Então tá, ficamos assim.

Imagine só: Brit Hume, analista político senior da rede de televisão Fox News norte-americana, ao participar neste último domingo pela manhã de uma mesa redonda no programa Fox New Sunday, ao ser inquirido por outro participante, Chris Wallace, a respeito de suas predições para o setor de esportes em 2010, e por algum outro motivo, decidiu aproveitar a ocasião para tentar converter o famoso jogador de golfe, Tiger Woods, ao Cristianismo.

T.Woods envolveu-se recentemente num escândalo sexual e colocou sua magnífica carreira esportiva em compasso de espera, perdeu vários contratos de patrocínio multimilionários, está com seu divórcio em andamento no qual sua ex-esposa ficará com mais de USD 300 milhões.

Humes afirmou acreditar que Woods seja um Budista, e ele não acredita que o Budismo possa “oferecer a espécie de perdão e redenção que é oferecida pela fé Cristã”. E foi mais além: Hume dirigindo-se a Woods disse “volte-se para fé Cristã e você poderá conseguir um resgate total de tudo em sua vida e ser um grande exemplo para o mundo”.

Obviamente, a história recente norte-americana [bem como a brasileira] está repleta de políticos, lideres religiosos cristãos e de tanta gente famosa tida como gente cristã e que andou pisando nos tomates, cometendo adultério, praticando corrupção e tudo o mais, gente de reputação ilibada que não serve de exemplo para ninguém.

Este reducionismo ideológico, além de ser pura baboseira, serve apenas para levantar uma nuvem de fumaça que escamoteia os verdadeiros intentos do declarante e para agitar a geléia geral que é o mercado fofocativo cristão, no qual muitos se acham superiores aos demais, simplesmente por se declararem cristãos.

O T.Woods pisou nos tomates e está arcando com suas responsabilidades, enquanto o que vemos são líderes cristãos, religiosos e políticos, aqui no Brasil se eximindo e ‘provando’ nas esferas judiciais que são inocentes mesmo tendo praticado atos de extorsão, corrupção, contrabando, apenas para nomear alguns, fazendo de tudo para não arcar com suas responsabilidades criminais.

Se o Woods é budista eu não sei, apenas sei que ser cristão por aqui também não é lá grandes coisas…

Chicco Sal

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Então tá, ficamos assim.

Deixe o seu comentário