Pecados da internet

Quarenta teólogos desocupados reuniram-se na Itália para criar mais pecados, e o alvo desta feita foi a Internet(que para muitos já nasceu em pecado). Agora o católico tem a obrigação de ir confessar estes pecados cometidos:

  1. Usar programas sem a correspondente licença, mais conhecidos como programas piratas
  2. Criar e difundir vírus informáticos
  3. Enviar e-mails ou mensagens eletrônicas anônimas ou com endereços e dados falsos
  4. Baixar ilegalmente música e filmes em qualquer formato via Internet
  5. Roubar programas informáticos
  6. Enviar spam ou e-mail de publicidade não solicitado
  7. Ser um cracker, e considerar glorioso violar a privacidade e a segurança dos sistemas informáticos pessoais, institucionais e/ou empresariais
  8. Abusar das áreas de chat, saturando-as, mas especialmente dando falsas informações sobre si mesmo
  9. Entrar em sites pornográficos
  10. Criar sites pornô na Internet.

Eu diria que a trollagem também deveria ser pecado tão como aqueles sites que obrigam você aprovar que não é um robô.

Imagina cada download um pecado. Imaginem a cena: “Padre, tenho que confessar que fiz mais de 50 downloads de filmes e séries este mês, sendo que grande parte era pornografia. Também tenho um fake no Orkut que trolla todo mundo. Meu Windows é pirata e eu uso Corel e PS piratas. Semana passada eu roubei o MSN de um cara que não fechou o programa em um PC da Lan House.”

Haja penitencia…

Bruno Vox, no blog Lion of Zion

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Pecados da internet

Deixe o seu comentário