Pequeninos da Nigéria

Carta pós-missão


De Diana Udua para o time do Caminho,

Quando homens começam a dominar outros homens, o resultado é a opressão e introdução de suas próprias regras e doutrinas para sustentar a posição de autoridade adquirida sobre os menos informados.

Num período de um pouco mais de 2 semanas, trabalhar com o time do Way to the Nations (Caminho às Nações) foi algo novo. Trouxe um despertar de consciência para o fato de que as crianças podem em breve crescer odiando Jesus que tanto as ama e zela por elas.

Visitar com eles igrejas, crianças estigmatizadas e trabalhar para mudar as crenças na “bruxaria infantil” propagadas por “pastores ignorantes” me deu a oportunidade de explorar a Bíblia por mim mesma e me equipou com respostas a questões relacionadas às crenças de crianças bruxas, introduzindo uma inteira e nova dimensão à minha paixão pelas crianças e pelo nome de Jesus, o qual tem sido tanto “bastardizado”.

Leia +

O maior campo missionário de hoje são as igrejas ditas “evangélicas”: a cada dia assumem uma posição de maior regressão na escala evolutiva no conhecimento do evangelho, a ponto até de renunciá-lo em favor da Lei, cumprida em Cristo.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Pequeninos da Nigéria

Deixe o seu comentário