Pimenta na boca

Lei vai proibir palavrões, atos violentos e gestos obscenos em estádios da PB
Xingar o juiz, os bandeirinhas ou o perna-de-pau de um time de futebol está proibido nos estádios da Paraíba. Entrou em vigor nesta quarta-feira a “Lei Pimenta na Boca”. Representantes de torcidas organizadas e o promotor Valberto Lira assinaram em João Pessoa um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) que cria essa limitação.

O regulamento proíbe palavrões, atos violentos e gestos obscenos. Não há punição prevista, por enquanto, aos infratores, mas dependendo da gravidade das ofensas o caso poderá parar numa delegacia.

A medida, que tenta pôr fim à violência nos estádios paraibanos, vale para o Estadual e para o Brasileiro da Série C, que tem o Campinense como representante do Estado.

O promotor disse que a medida começará como uma forma de conscientização dos torcedores. “Acreditamos que xingamentos e músicas com palavras de baixo calão incitam a violência”, afirmou Lira. “O juiz agora está respaldado pelo TAC para prestar queixa em uma delegacia, por exemplo, caso se sinta ofendido pela torcida”, disse Lira. Leia +.

Luiz Carlos Lima, no UOL Esporte.
dica do Chicco Sal

na foto, torcida palmeirense aproveita que a tal lei sem-noção ñ existe aqui… aliás, motivos ñ faltam p/ a gente desfi(l)ar vários palavrões. =/

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Pimenta na boca

Deixe o seu comentário