Confessa que eu (não) te escuto

Um serviço de telefonia revoltou bispos católicos franceses. O “Phoneline to the Lord” (ou “Linha do Senhor”, em tradução livre) foi criado com o intuito de ouvir, por telefone, a confissão de fiéis católicos que não têm tempo de ir a uma igreja. O serviço foi considerado “totalmente inaceitável” por bispos franceses. As informações são do site britânico “Daily Mail”.

A ligação para a “linha direta com o Senhor” custa cerca de 30 centavos de euro por minuto e o fiel fala seus pecados para uma máquina. Após discar o número, uma voz masculina diz: “Para conselhos antes de confessar, aperte um. Para confessar, aperte dois. Para ouvir algumas confissões, aperte três”.

Porém, o serviço é apenas para pecados leves. “No caso de pecados mortais — ou seja, os que cortam a relação com Deus — é necessário se confessar com um padre”, adverte a gravação, durante a ligação. A linha foi criada no início da Quaresma pela Aabas, uma pequena empresa que presta serviços de telefonia, a pedido de um grupo católico.

Uma das pessoas por trás do serviço, identificada apenas como Caroline para evitar a retaliação de fiéis, disse à agência de notícias AFP que a ideia não é confessar pecados mortais, mas pecados leves diretamente para Deus. “As pessoas que ligam não confessam seus pecados para uma pessoa, mas para uma máquina. Além disso, é possível ouvir orações, músicas e a confissão de outras pessoas, em uma atmosfera de reflexão e piedade.” Leia+

Fonte: BOL Notícias

Fiquei curioso para saber quais seriam os pecados “leves”…

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Confessa que eu (não) te escuto

Deixe o seu comentário