TV e internet: cada vez mais unidas

Nos EUA, 60% dos telespectadores acompanham a programação ao lado do computador

TV e Internet formar o par perfeito. Não duvide disso. Cada vez mais os programas de televisão passam a também gerar conteúdo online. A exemplo disso é o twitter, praticamente todas as emissoras de TV possuem um microblog para conversa direta com o telespectar/internauta. Muitas emissoras até disponibilizm conteúdo exclusivo para a web como vídeos que você o internauta não viu na telinha.

“Praticamente todo mundo da minha sala, todo mundo que eu converso fica com o notebook do lado. Aí um informa o outro ‘ah, agora está passando esse programa, olha lá, vai passar um documentário amanhã, às três da tarde’. Então, além de a gente acompanhar as informações, a gente troca informações pelo Twitter”, explica a estudante Karina de Oliveira Brandão.

Nos Estados Unidos, uma pesquisa da Nielsen revela que 60 por cento das pessoas que assistem televisão ficam conectadas à Internet simultaneamente. No Brasil, a situação não parece ser diferente. Basta acessar o Twitter durante algum jogo de futebol e, mais recentemente, durante reality shows. E o pessoal dos blogs também está, aos poucos, entrando nessa brincadeira. O pessoal do “Te dou um Dado” é um exemplo. Eles adotam o Live Blogging, uma ferramenta nos moldes de um bate-papo que permite aos moderadores interagirem de uma forma diferente com convidados e com o os leitores.

“É tipo um Twitter, mas é um pouco mais denso no sentido de ter mais gente falando ao mesmo tempo e você conseguir, ou ter que interagir com todo mundo e comentar sobre a mesma coisa, e não sobre assuntos diversos”, conta a blogueira e jornalista Lele.

E isso não é só quando ela se dedica ao blog. Lelê é editora de um portal de notícias em São Paulo, e não tira os olhos da televisão e do Twitter nem no trabalho. Enquanto fazíamos esta matéria, lá estava ela mandando seus tuítes. Para a jornalista, esse modo de consumir a informação é uma nova tendência proporcionada pela rapidez das redes sociais.

“Eu acho que é a grande sacada de agora. Tanto é que a gente viu e fez a primeira vez, e hoje está todo mundo fazendo. Inclusive na final do Big Brother a Folha Online fez. Então eu acho mesmo que é uma super sacada, porque a interatividade agora tem que ser cada vez maior para você agregar público e agregar leitor. O cara não aguenta mais ouvir de um lado só, ele quer participar”, diz Lele.

Dá até para ganhar um dinheiro com esse tipo de interação. A equipe do blog já foi convidada por um canal de TV a cabo para comentar um filme por meio da plataforma de bate-papo. E ainda há outras formas para garantir um orçamento a mais no fim do mês, como colocar um banner na interface do programa.

No serviço de microblog vários programas de televisão já possuem contas para divulgar seus conteúdos. Existe até um perfil que exibe em alguns momentos do dia a audiência de vários programas de televisão. É a prova de que as duas mídias já estão mais que interligadas.

“Impacta muita na audiência, certamente. A gente chegou a ter 30 mil pessoas ao mesmo tempo na mesma janela conversando”, revela a blogueira.

fonte: Olhar Digital [via Humana Digital]

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for TV e internet: cada vez mais unidas

Deixe o seu comentário