"Fiz contrato e recebi um ótimo serviço"

Sem controle, vereadores paulistanos contratam empresas que só existem no papel

Em 2009, parlamentares gastaram R$ 7,5 milhões de verba de gabinete para pagar prestadores de serviço que às vezes nem sede têm

Mesmo contando com R$ 84,4 mil por mês para empregar até 18 assessores diretos, os vereadores consumiram, entre abril de 2009 e fevereiro deste ano, R$ 488,6 mil com consultorias (técnicas ou jurídicas). O Instituto Rana Cuoree faz parte dessa lista. Recebeu da liderança do PSDB R$ 33.375 por consultoria prestada ao relator da CPI da Pedofilia, o líder tucano Carlos Alberto Bezerra Júnior.

Durante quatro dias, a reportagem tentou localizar o instituto e atividades desenvolvidas por ele. Na internet, não obteve referência, exceto na página de prestação de contas da Câmara. A lista telefônica também não traz número fixo em seu nome e, no endereço registrado no Fisco, funciona uma prestadora de serviços de limpeza.

“Nunca ouvi falar em Instituto Rana Cuoree”, afirmou o dono da Guima Conseco, Carlos Alberto Guimarães. “Aqui era a casa da minha mãe e há mais de 20 anos funciona minha empresa. Vou acionar meus advogados para descobrir quem usou o meu endereço sem autorização.”

Questionada, a presidente do instituto, Elizete Rossoni Miranda, asseverou que uma sala do imóvel já serviu como escritório da entidade, mas se recusou a descrever o local ou a ir com a reportagem ao endereço. Segundo ela, desde janeiro de 2009 o escritório da entidade funciona em uma sala de 12 m² alugada de uma entidade espírita por R$ 50 mensais. Elizete apresentou cópia do cadastro na Prefeitura no qual consta o novo endereço.

Apontado na ata de criação do Rana Cuoree como fundador, Givanildo Manoel da Silva reclama que até agora recebeu R$ 1.250 pelos seis meses de trabalho na CPI. O combinado, diz ele, era que o preço total do serviço fosse dividido entre os quatro consultores, sendo 20% a mais para a presidente do instituto, por ter sido a coordenadora. “Também quero saber onde foi parar o dinheiro”, afirmou. Segundo ele, o único serviço prestado até hoje pela entidade foi a consultoria para o líder tucano.

O líder do PSDB diz desconhecer qualquer irregularidade em relação ao Rana Cuoree. “Os profissionais do instituto foram fundamentais na elaboração do relatório final da CPI. Sem eles, esse documento não teria se tornado referência sobre o tema.” Em nota, diz ter pago os R$ 33.375 acertados com a entidade, conforme indica o site da Câmara. “Fiz contrato e recebi um ótimo serviço. Espero que você não coloque essa situação como as outras que você possa ter encontrado.”

trecho de reportagem publicada hj no Estadão.

desta vez o danilo gentili ñ vai poder falar que o povo maranhense ñ sabe votar, neam…

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for "Fiz contrato e recebi um ótimo serviço"

Deixe o seu comentário