Pietá Pop

Quadro em que Jesus segura corpo de Michael Jackson é impactante

O fotógrafo David LaChapelle inaugurou nesta terça-feira, 27, na galeria Robilant & Voena, em Londres, a exposição The Rape of Africa. A fotografia intitulada American Jesus: Hold Me, Carry Me Boldly, Hawaii, que reproduz a escultura Pietá, de Michelangelo, e traz Jesus segurando o corpo de Michael Jackson, é sem dúvida a imagem mais impactante da mostra.

Ainda este ano uma exposição também gerou muita polêmica, uma foto de Jesus gay é rodeado por outros homens sem camisa e tatuados, alguns deles em poses sensuais. Essa é a leitura do fotógrafo espanhol Fernando Bayona para o quadro “A Última Ceia”, de Leonardo da Vinci, uma das obras mais clássicas do Renascentismo.

O que parecia ser uma clara provocação à Igreja Católica e seus dogmas se transformou em alvo de manifestações homofóbicas de grupos ultraconservadores de Granada, na Espanha. A foto em questão fazia parte da mostra “Circus Christi”, que teve de ser cancelada após a galeria que a abrigava sofrer atos de vandalismo.

Em entrevista ao site, Fernando Bayona conta que não quis criar polêmica com as imagens, entre elas a que o artista intitulou de “Beijo de Judas”, na qual dois modelos masculinos, um com a camisa aberta no peito, trocam carícias.

Fonte: Portal CREIO

Virou moda hoje em dia apresentarem-se novas versões sobre Jesus conforme a conveniência de quem a faz. Na literatura, no teatro, nas artes plásticas. E até na teologia!

Talvez essas livres reinterpretações sobre quem seja Jesus, sejam fruto da teologia subserviente às aspirações eclesiásticas, que se preocupa em dissecar Jesus a ponto de torná-lo irreconhecível ao homem, mas certamente o revela como sendo à imagem e semelhança do grupo religioso.

Aqui acredito que vale a simples definição de Pedro, quando Jesus perguntou aos discípulos quem o povo dizia ser ele, o qual respondeu: “És o Cristo, Filho do Deus Vivo!”. Isso deveria bastar.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Pietá Pop

Deixe o seu comentário