Redes antissociais

Rafael Kenski, na Superinteressante

As redes sociais têm ganhado muita importância no mundo online e offline. Todas elas dividem os mesmos princípios: encontrar amigos, estabelecer contatos e compartilhar coisas com eles. Agora, alguns sites estão usando as mesmas tecnologias para o efeito contrário: ajudar você a não encontrar pessoas e não compartilhar nada com ninguém. Em grande parte, essas redes são uma crítica aos pressupostos das redes sociais e um alerta de compartilhamos coisas demais na internet.
Conheça alguns exemplos:

Please Rob Me Redes como o Foursquare permitem dizer a todos os seus amigos onde você está. Mas muitas pessoas configuram o serviço de modo a mostrar seu paradeiro para todo mundo – e não apenas a pessoas confiáveis. Significa que, onde quer que elas estejam, não é em casa, o que a torna um bom alvo para assaltos. O site lista essas pessoas com casas “assaltáveis”.

Seppukoo.com É um site que ajuda você a eliminar seu perfil no Facebook e ainda faz isso com estilo: além de deixar uma mensagem de despedida, ele cria uma página em sua memória.
Twatter.com É como o Twitter, mas com a intenção de não ter nenhuma mensagem interessante, profunda ou educada. Tem também a versão britânica, cuja pergunta na home é “What the fuck are you doing?”.

–  Avoidr.org Um site feitos a partir do Foursquare que localizam seus inimigos e dizer onde você não deve ir.

R uduzu.com Rede social feita para pessoas reclamarem de tudo.

Tyrannybook.com Uma campanha feita pela Anistia Internacional de Portugal para educar a população a respeito da ação de ditadores mundo afora. Continha o perfil de vários deles – como Ahmadinejah e Kim Jong-Il – e permitia que você ficasse “amigo” deles e acompanhasse qualquer atrocidade que ele fizesse. Deu tão certo (com mais de 2 milhões de visitantes) que a Anistia precisou fechar o site ou do contrário gastaria dinheiro demais em banda.

Para alguns o Orkut também já é antissocial faz tempo!

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Redes antissociais

Deixe o seu comentário