Caroline Celico, esposa de Kaká, dá palestra sobre religião no Morumbi (2)

Inacreditável a reportagem “Amém para a senhora Kaká” (30 de junho). Não sou religiosa, mas acho um desaforo uma menina — sem experiência alguma de vida para se tornar pastora e que usa artigos de luxo — reunir outras endinheiradas para comer casquinha de hadoque e foie gras e falar sobre um dos homens mais humildes que apareceram na face da Terra. Jesus pregou a filosofia do “dar aos pobres” e do “desapego material”. É muita hipocrisia.
CYNTHIA ZUCCHI MATOZINHO

Na reunião de mulheres chiques e endinheiradas, a senhora Kaká apresentou “um pouquinho de Deus” (como disse sua mãe), sua crença religiosa e seu DVD, e rezou assim: “Obrigada, Senhor, por, num mundo tão difícil, conseguirmos juntar mulheres lindas que têm mais do que poderiam imaginar”. Faço votos que ela também peça ao Senhor pelas mulheres que têm muito menos do que se pode imaginar e que a pobreza transformou em feias.
MARIA DO CARMO MENDE

O faturamento vem da igreja, o futebol é bico.
HAMILTON PENALVA

Sim, o culto foi realizado numa mansão do Morumbi, mas o que importa é que a senhora Caroline Celico ajudou de alguma forma essas mulheres a enfrentar suas dificuldades diárias. Os ricos também têm dificuldades, por mais estranho que isso possa parecer.
BIANCA KÜNZL

A senhora Kaká, Caroline Celico, que se diz vaidosa, foi criada para ser princesa, com seu colar de brilhantes, seu esmalte Chanel e suas botas caríssimas. Ainda não nasceu de novo. Palavras de Cristo a um rico: “Vende tudo quanto tens, dá-o aos pobres e terás um tesouro no céu. Depois, vem e segue-me.”
FAUSTO FERRAZ FILHO

manifestações na edição de hj da Veja São Paulo s/ a reportagem da semana passada.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Caroline Celico, esposa de Kaká, dá palestra sobre religião no Morumbi (2)

Deixe o seu comentário