Mandando Pessoas para o Inferno for Dummies

Thiago Bomfim

José SaramagoCerto dia o Grande Juiz, cansado das ofensas que eram dirigidas a ele, aos de sua classe e às mães dos tais,  resolveu tirar férias do posto. Mas como fazê-lo, já que a função de sentenciador celestial supremo não poderia ficar vazia? Pensou, pensou, repensou.

Depois de muita análise, resolveu que o substituto temporário para o martelo supremo seria o povo escolhido: os cristãos protestantes (ou algo que o valha). Entregou o martelinho a Lutero e pode enfim gozar as férias que tanto merecia – afinal, descanso antes desse, só se tem notícia dum que fez após o sétimo dia da criação.

Pois bem, não sabemos se o Juiz voltou de suas férias, mas temos certeza que os cristãos aprenderam a manejar com destreza o martelo que manda as pessoas ao céu ou ao inferno.

O Cristianismo Xique, supremo Vade Mecum do crente, dá as dicas para que você não erre na hora da sentença, porque, como se sabe, um julgamento errado pode condenar uma pessoa ao sofrimento eterno numa única martelada. Vamos aos casos de condenação mais comum, nesse nosso guia chamado Mandando Pessoas para o Inferno for Dummies:

  1. Leila  LopesSuicídio de famosos: único caso de condenação instantânea. Não há qualquer possibilidade de apelação ao Supremo Tribunal Celestial.  Leila Lopes, caso bem recente, é um exemplo da aplicação desse tipo de pena. Para casos de suicídio, não hesite em bater o martelo e mandar a pessoa para o caldeirão de Mefistófeles sem dó nem piedade. Para terminar sua sentença com estilo, mencione em alto e bom som: “só Deus tem o direito de tirar a vida” (claro que isso não se aplica ao caso dos nossos irmãos do Cinturão da Bíblia, lá nos EUA, que tem aval celestial para matar alguns criminosos perigosos).
  2. Ateus: estes são, segundo o código criminal cristão, aqueles que confessam o crime e que se entregam à condenação sem dar muito trabalho. Dúvidas sobre o que fazer com eles?
  3. Membros de outras religiões: mesmo caso acima.
  4. Arbitrariedade: este critério varia de acordo com a linha cristã que você segue. Adventistas, calvinistas, pentecostais, católicos: cada um aplique a pena conforme a respectiva teologia.

Com este guia, você vai acertar sempre nos casos de condenação eterna mais comuns. Divirta-se.

fonte: Cristianismo Xique

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Mandando Pessoas para o Inferno for Dummies

Deixe o seu comentário