Pastores dizem que fé cura tudo

Em um ato de absoluta irresponsabilidade, alguns pastores evangélicos de Jaciara (MT), seguindo uma prática que vem ocorrendo pelo Brasil afora, estão orientando fiéis enfermos a não utilizarem medicamentos. Os religiosos pregam que basta que o fiel tenha fé, que a cura acontecerá. Quem acreditou não foi curado e ainda teve sua situação clínica agravada.

Em quatro casos relatados à redação do jornal diaAdia, ficou evidente que a suspensão do medicamento agravou a situação clínica dos fiéis. Em cumprimento a acordo feito com os denunciantes, que temem por repressálias, o diaAdia não publicará os nomes das pessoas e nem os das congregações.

Das quatro pessoas que falaram com nossa redação, apenas duas concordaram em ter suas iniciais publicadas e são as duas situações que serão relatadas.

M.O.P. , de 27 anos, relata que sua mãe tem problema cardíaco e que há cerca de 2 anos começou a freqüentar uma igreja evangélica “dessas novas”, diz ela.

Há cerca de 6 meses, o pastor disse a mãe de M.O.P. que ela não precisava mais se medicar, bastava ter fé que tudo se resolveria.

Pressão
Iludida pelas palavras do pastor, em quem “confia cegamente”, como relata a filha, a mulher suspendeu o uso da medicação. O resultado não poderia ser outro a não ser a complicação do estado de saúde da fiel.

M.O.P. conta que percebendo a situação, os filhos começaram a pressionar a mãe para continuar tomando a medicação.

“Ela só usa o remédio se a gente pegar e obrigar, do contrário não”, diz a filha, acrescentando que há algumas semanas atrás sua mãe teve uma crise e quase morreu.

Paulo de Tarso
A mesma situação viveu a família de F.A.S. Sua mãe, de 75 anos, tem problemas de osteoporose e após consulta em Cuiabá, passou a tomar alguns medicamentos. Tão logo soube do fato, o pastor da sua congregação disse que ela só estava ingerindo remédios porque era uma mulher de pouca fé.

F.A.S. conta que pertubada com as palavras do pregador e para provar que era sim uma mulher de muita fé, sua mãe jogou os remédios fora. Sua situação piorou, ela teve que retornar ao médico e acabou convencida da necessidade de tomar os medicamentos.

Mais recentemente veio a público o caso de uma mulher que com problemas psicológicos, acabou suspendendo o uso da medicação por ordem do pastor da congregação que freqüenta.

Resultado
Acabou internada no Hospital Paulo de Tarso, em Rondonópolis.

Agnello de Mello Silva, no Dia a dia.
dica do Roberto Rodrigues

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Pastores dizem que fé cura tudo

Deixe o seu comentário