O poema de Fernando Pessoa que Cleo Pires tatuou para a capa da Playboy

“Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos.”

Fernando Pessoa

fonte: Retratos da vida

vc confere aqui as duas capas da edição especial de 35 anos da revista.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for O poema de Fernando Pessoa que Cleo Pires tatuou para a capa da Playboy

1 Comentário

  1. Ma-somi disse:

    lindoooooooooooooo

Deixe o seu comentário