Homenagem colorida à Reforma Protestante gera polêmica

Cerca de 800 estátuas coloridas de Martinho Lutero estão sendo colocadas na cidade de Wittenberg, leste da Alemanha. Quase 500 anos ele naquele local, ele se posicionou pela primeira vez contra certas práticas da Igreja Católica, dando origem à Reforma Protestante.

As peças de plástico têm quase um metro de altura, nas cores vermelha, verde, azul e preto. Elas são criações do artista Ottmar Hoerl.   A intenção do artista é marcar o que tem sido chamada de “a década de Lutero” na Alemanha, pois em 2017 haverá grandes celebrações na cidade em comemoração aos 500 anos da Reforma. A estátua original, localizada na praça central da cidade, será desmontada para uma restauração completa. Assim, Ottmar afirma estar homenageando o reformador, com o apoio da cidade de Wittemberg. Sua famosa frase incentivou o artista a reposicionar Lutero (ou Luteros). Quando chamado a se retratar, Lutero disse: “Minha posição é esta. Não posso fazer diferente”.

“Minhas estatuetas de Lutero parecem com o original, exceto pelos pés”, disse Hoerl a uma agência alemã de notícias.

Entre os dias 14 de agosto a 12 de setembro pretende deixar  sua instalação montada na praça, ocupando cerca de 10 mil metros quadrados.

A instalação atraiu a ira de alguns teólogos protestantes, para quem as estatuetas zombam dos feitos de Lutero. A obra pode ser vista no site do artista (AQUI). Em 2009, Ottmar já havia causado polêmica ao criar 1.250 anões de jardim com os braços estendidos numa saudação nazista.

Após o término da instalação, cada estátua poderá ser encomendada pelo site do artista ao custo de 250 euros.

Com informações de Max Chrambach, da REUTERS.
dica do Thiago Ferreira de Morais

Pastor protestante versão “família Restart”? Os teólogos vão xingar muito no Twitter…

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Homenagem colorida à Reforma Protestante gera polêmica

Deixe o seu comentário