Blogueiro censurado na China

Revista do blogueiro mais lido do mundo encara a censura chinesa

Segundo exemplar estava previsto para chegar às livrarias e bancas após estrear com um milhão de exemplares vendidos em duas semanas, mas para o governo não conta como revista e não pode circular

Pequim, 3 set (EFE) – A revista literária “Coro de Solistas”, editada pelo escritor Han Han (considerado o blogueiro mais lido do mundo), teve que interromper indefinidamente sua publicação devido à falta de uma permissão das autoridades chinesas, informou hoje ele mesmo em seu blog.

Estava previsto que nos primeiros dias de setembro fosse lançado o segundo exemplar da revista, depois de o primeiro ter sido um grande sucesso – um milhão de exemplares vendidos nas duas primeiras semanas nas bancas.

Segundo o jornal oficial “China Daily”, a publicação não conta com um número de série, o que impede que saia a circulação como uma revista comum.

O primeiro número foi editado, por assim dizer, como um livro, graças à ajuda de uma editora, por isso que não necessitava desse número de série, mas aparentemente essa empresa decidiu se retirar do projeto de Han Han.

Segundo comentou o blogueiro, essa e outras editoras temem “pressões” se o apoiar, tendo em vista seu conhecido estilo mordaz e crítico com o Governo.

Já em janeiro deste ano a publicação teve que adiar o lançamento do primeiro número, devido a problemas com as autoridades censoras chinesas.

Han Han, de 27 anos, divide seu trabalho de escritor com a de corredor de ralis e é considerado pela crítica como o “enfant terrible” da literatura chinesa.

Quando era adolescente, abandonou os estudos secundários e rapidamente se tornou em um dos romancistas que mais obras vendem na China, até alcançar a fama com um blog que contém críticas contra os males da sociedade chinesa. EFE

Via Época Negócios

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Blogueiro censurado na China

Deixe o seu comentário