Pastor Silas Malafaia critica Marina Silva e apóia Serra

OBS: Depois das acusações relatadas abaixo, Marina já se defendeu AQUI

Para o segundo turno ele fez mais ataques ao PT AQUI

Um dos mais notórios líderes pentecostais do país, o pastor Silas Malafaia, anunciou em artigo divulgado nesta terça-feira que não vai mais votar na candidata Marina Silva (PV), que é evangélica, para presidente da República. De acordo com o religioso, as posturas pessoais dela sobre assuntos polêmicos deveriam ser mais corajosas e coerentes com suas convicções religiosas.

O assunto é destaque no microblog Twitter. Às 11h41, o tópico “Silas Malafaia” estava em segundo lugar no ranking Trending Topics da rede social no Brasil

“Ao propor plebiscito, Marina está ‘jogando para a torcida’, para ficar bem com os que são contra e com os que são a favor”, afirma Malafaia no texto, se referindo às opiniões de Marina sobre o status do uso da maconha e o aborto. “Sai do muro, minha irmã! Que plebiscito coisa nenhuma!”, completa.

O pastor diz que faltam “convicção e firmeza” à candidata e ainda questiona sua fé: “Pior do que o ímpio é um cristão que dissimula”.

Silas Malafaia declarou voto em José Serra (PSDB). “Infelizmente, Marina não nega suas raízes petistas”, finaliza.

Fonte: SRZD

Reproduzo o comentário que melhor define isso,no twitter do @ariovaldo Ramos:  RT @osmarguerra: Silas Malafaia tem autoridade de chamar Marina de dissimulada. Kem vende a fé por 900 paus na TV entende de dissimulação

Se ficou curioso, leia a carta publicada no site dele clicando no “Leia+” aqui ->

NÃO VOTO MAIS EM MARINA E DIGO POR QUÊ

Pior do que o ímpio é um cristão que dissimula. Eu queria entender como uma pessoa que se diz cristã, membro da Assembleia de Deus, afirma que se for eleita presidente do Brasil vai convocar um plebiscito para que o povo decida se aprova ou não o aborto, ou se aprova ou não o uso da maconha.

Marina precisa aprender com a ex-senadora Heloísa Helena, católica praticante e pertencente a um partido ultrarradical. Heloísa Helena declarou peremptoriamente: “Sou contra o aborto!” Na audiência pública da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados, deu um verdadeiro show, não apenas à luz de questões religiosas, como também científicas. Ela mostrou a desgraça, a mazela, e uma das coisas que mais aborrecem a Deus: a força dos poderosos contra os indefesos.

Ao propor plebiscito, Marina está “jogando para a torcida”, para ficar bem com os que são contra e com os que são a favor. SAI DE CIMA DO MURO, MINHA IRMÃ! QUE PLEBISCITO COISA NENHUMA! O povo brasileiro não tem todas as informações necessárias para decidir esta questão de maneira isenta. Temos toda a mídia a favor dessa nojeira do aborto. Com certeza vão jogar pesado para influenciar.

Cultivar uma vida cristã significa ser radical. Radical contra o pecado, contra esse sistema mundano dirigido pelo diabo. Como diz a Bíblia, transformai-vos pela renovação do vosso entendimento. A palavra de Marina como cristã teria de ser apenas isto: “Sou contra o aborto e a legalização da maconha”. Como faltaram convicção e firmeza em suas declarações, uma vez que o cristão tem de “mostrar a cara” posicionando-se de forma categórica contra o pecado, Marina perdeu meu voto. Já que não tenho tantas opções, votarei em Serra para presidente.

Infelizmente, Marina não nega suas raízes petistas.

Silas Malafaia
Pastor

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Pastor Silas Malafaia critica Marina Silva e apóia Serra

Deixe o seu comentário