Google Brasil é acusado pela Igreja Católica de sacrilégio e recebe penitência de 40 pais-nossos

O Vaticano anunciou hoje, por sua assessoria de imprensa, acusação formal de sacrilégio de nível médio ao Google, gigante da internet. Segundo a nota enviada, existem quase quatro vezes mais ocorrências de resultado em português brasileiro para Jesus Luz do que para Jesus Cristo. São cerca de 3 milhões de resultados do Messias da Bíblia contra 11 milhões do modelo brasileiro, namorado de Madonna.

Os advogados da empresa estão trabalhando desde o início da noite na resposta formal ao Vaticano, que será enviada até amanhã.

Em conversa rápida via Google Talk, os advogados explicaram aos Ogros da Internet que a estratégia é mostrar ao Vaticano que o volume dos resultados dependem do conteúdo que é gerado na internet e não do algoritmo de pesquisa.

Caso o Vaticano não aceite a explicação, todos os funcionários da Google – exceto estagiários – terão 5 dias úteis para rezar 40 pais-nossos na presença de um padre católico ou um coroinha com, no mínimo, 300 missas no currículo.

Quero acompanhar este caso de perto. NOT!

Via Ogros da Internet

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Google Brasil é acusado pela Igreja Católica de sacrilégio e recebe penitência de 40 pais-nossos

Deixe o seu comentário