Religião longe da bola. Mano proíbe cultos na Seleção

Se depender do técnico Mano Menezes, os cultos de qualquer orientação religiosa estão banidos da Seleção. Segundo o treinador, cada um pode ter a crença que quiser, mas não aceitará em hipótese imposições religiosas dentro do grupo.

“É um assunto delicado, mas minha posição é muito clara. Nem clube nem Seleção é lugar de pregação”, afirmou Mano. Na Copa de 2010, a maioria dos jogadores era evangélica. Os cultos eram realizados dentro da concentração por um pastor.

“Cada um tem que respeitar o limite do outro. Não vai querer convencer ninguém dentro do grupo. Cada um na sua”, disse o técnico.

fonte: Gazeta Online

nesta semana Luxemburgo tb barrou a entrada de um pastor que se reunia habitualmente c/ os jogadores do Flamengo.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Religião longe da bola. Mano proíbe cultos na Seleção

Deixe o seu comentário