Pai perde a guarda dos filhos ao declarar-se agnóstico

.
Dave Stafford

Craig Scarberry, de 29 anos, perdeu no início deste mês a guarda conjunta de seus três filhos: Kaelyn (7), William (6) e Ayvah (4) após ter mudado sua declaração de fé, de cristão para agnóstico.

“É incompreensível”, disse Scarberry após ler uma ordem escrita pelo comissário da Corte Superior do condado, George C. Pancol,  e confirmada pelo juiz Thomas Newman. O despacho que retirou a guarda de Scarberry baseia-se em declarações ouvidas durante a audiência do caso. Para Pancol, um fator determinante é Scarberry “não participar da mesma denominação religiosa (da mãe) e agora declarar-se agnóstico”

Scarberry tem até 1 de dezembro para recorrer da decisão, que reduziu seu tempo com os filhos a quatro horas por semana e em finais de semana alternados.

“Sou um pai bom e amoroso. Essa decisão me afasta dos meus filhos”, disse Scarberry. “Eu não estava interferindo no direito deles serem educados em um ambiente cristão”, afirmou, observando que as crianças ainda frequentam a escola cristã e os cultos da igreja, como fizeram durante os quatro anos que o casal tinha a guarda conjunta.

Entretanto, o documento assinado pela corte afirma que enquanto Scarberry era cristão, “as partes conseguiam comunicar-se de maneira relativamente eficaz”. Agora, sua mudança de fé resultou também em mudança de comportamento, incluindo o uso de linguagem inadequada em frente aos filhos e intimidação da ex-esposa na casa e no trabalho dela.

fonte: The Herald Bulletin. Traduzido e adptado por Agência Pavanews

dica do Thiérri Parmigiani e do Sydnei Melo

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Pai perde a guarda dos filhos ao declarar-se agnóstico

Deixe o seu comentário