As fêmeas heréticas

Série de fotografias “Les Femmes Hérétiques”, ganhadora dos prêmios Los Angeles IPA e LICC London International.

Arqueólogos descobriram em Israel um mural representando Jesus como mulher, usando uma coroa de flores na cabeça, um colar de pérolas no pescoço e com os lábios pintados de vermelho. Após lerem sobre isso em uma reportagem, os fotógrafos italianos Romina Raffaelli e Stefano Marini, do estúdio Winkler+Noah, tiveram a inspiração para a série Les Femmes Hérétiques [As fêmeas heréticas].

Pensando na discussão do simbolismo da natureza feminina de Deus, fotografaram várias modelos “crucificadas”.  Os autores dizem que essas “femmes” não têm como objetivo serem divinas, mas representam todos os sacrifícios e o sofrimento que as mulheres precisaram suportar ao longo da história, e que lhes permitiu evoluir para o chamado “século das mulheres”.

Essas são algumas imagens da Mostra exibida em Milão (2010).

Para ver todas as fotos, clique aqui.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for As fêmeas heréticas

Deixe o seu comentário