Os 10 produtos tecnológicos mais importantes do ano

2010 foi o ano do surgimento dos tablets e também do acirramento da concorrência no mercado dos celulares inteligentes, os smartphones. Nokia e Microsoft lançaram novos sistemas para celulares, enquanto a Apple aprimorou seu iOS e o Google avançou com novas versões do Android. A seguir, você confere a lista com os produtos de tecnologia mais importantes de 2010

1º lugar – iPad

iPad inaugurou o segmento de tablets

A corrida para produzir o primeiro tablet se acirrou no fim de 2009. E quem chegou primeiro foi o iPad. O aparelho inaugurou um novo segmento de produtos e rapidamente se tornou um dos maiores sucesso de vendas da empresa. Leia a análise do iPad.

2º lugar – iPhone 4

Motorola, HTC, Sony Ericsson e Samsung são apenas alguns dos fabricantes que lançaram aparelhos com Android robustos para encarar o iPhone em 2010. A resposta da Apple veio com o iPhone 4. Mais rápido e elegante do que seus antecessores, ele se tornou rapidamente o novo objeto do desejo de muitos fãs de tecnologia, apesar dos problemas na antena. Leia a análise do iPhone 4.

3º lugar – Nexus One

Nexus One: primeira tentativa do Google fracassou

A primeira tentativa do Google na área de smartphones não deu muito certo. O Nexus One era um aparelho com hardware de primeira. Mas o preço do aparelho desbloqueado (cerca de US$ 500 nos Estados Unidos) e o modelo de venda direta pela internet foram dois dos fatores que determinaram o fim do smartphone. Ainda assim, o Nexus One foi importante por elevar o patamar dos smartphones com Android e chamar a atenção do público em geral para a plataforma.

4º lugar – Galaxy Tab

Logo após o lançamento do iPad começou a corrida para ver quem criaria o primeiro concorrente de peso. A Samsung chegou na frente com o Galaxy Tab, lançado em setembro. Menor que o iPad e com sistema Android, o aparelho é atualmente a melhor alternativa para quem quer um tablet e não gosta muito da arquitetura fechada da Apple. Leia a análise do Galaxy Tab.

5º lugar – Nokia N8

Nokia N8 foi um dos aparelhos analisados pelo iG em 2010

Mais do que um aparelho, o Nokia N8 representa uma tentativa da Nokia de se tornar novamente competitiva no mercado de smartphones. Ele é o primeiro a vir com Symbian 3, sistema criado pela empresa para competir com plataformas como Android e iOS. Leia a análise do Nokia N8.

6º lugar – Nexus S

Se não deu certo da primeira vez, tente de novo. Foi assim que o Google lançou o Nexus S, um celular totalmente projetado pela empresa e com Android 2.3 “puro”, ou seja, sem modificações feitas por fabricantes e operadoras de telefonia. O aparelho foi lançado na semana passada nos Estados Unidos. Leia a análise do Nexus S.

7º lugar – Kindle 3


Kindle 3: poucos novos recursos, mas oferece tela mais nítida

Ele não roda aplicativos nem tem tela colorida. Mas a nova versão do Kindle agradou por trazer uma tela mais nítida e ser mais leve do que o modelo anterior. Com preço na casa de US$ 150, ele continua a ser a melhor alternativa para quem quer um aparelho focado em leitura de livros digitais. Leia a análise do Kindle 3.

8º lugar – Motorola Milestone 2

Lançado no final de 2009, o Milestone (nos Estados Unidos batizado de Droid) foi um dos maiores sucessos da Motorola e abriu caminho para celulares de primeira linha com Android. A versão 2 do aparelho traz processador mais potente e vem com a versão 2.2 do sistema Android. Leia a análise do Motorola Milestone 2.

9º lugar – Windows Phone 7

Windows Phone 7 é alternativa aos sistemas mais populares, como Android e iOS

A Microsoft precisava de uma alternativa viável no mercado de smartphones. E ela chegou em outubro. O Windows Phone 7, sistema presente em aparelhos de fabricantes como LG, HTC e Samsung, foi criado para competir com as plataformas iOS (do iPhone) e Android, atualmente as líderes em termos de recursos. Leia a análise do Windows Phone 7.

10º lugar – Google TV

A plataforma Google TV, que permite ver vídeos hospedados na web e navegar em sites por meio de televisores, é a aposta do Google para fazer algo até hoje inédito: criar uma boa experiência de uso que misture internet e TV. O sistema tem lá seus problemas, mas representa um primeiro esforço em uma área que deve obter mais atenção nos próximos anos. Leia aanálise do Google TV.

Fonte: iG

 

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Os 10 produtos tecnológicos mais importantes do ano

Deixe o seu comentário