As piores tentativas de vender algo usando a imagem de Jesus

Jesus sempre é notícia nesta época de Natal. Alguns meses atrás falamos sobre um anúncio com um ultra-som de Jesus, que deveria servir como um lembrete ao nosso mundo consumista de que “O Natal começa com Cristo”. Esse é apenas mais um anúncio que usa Jesus como seu “garoto propaganda”. Selecionamos outros 10 anúncios e produtos “estrelados” por Filho de Deus (deixando de fora as inúmeras paródias da Última Ceia).

10) Anúncio falso da cola No More Nails [Não Precisamos de Pregos]

No-more-nails

Trata-se de um anúncio falso, de uma campanha de mentira que ganhou um concurso em 2007. Mas ficou realmente famoso este ano. Harry Taylor, um ateu militante, foi condenado por ofensas religiosas na Inglaterra em março deste ano após deixar esta paródia (e outros materiais contra a religião) na capela do aeroporto John Lennon, em Liverpool. Em sua defesa, Taylor argumentou, sem sucesso, que as imagens eram sátiras e que as pessoas ficariam ofendidos apenas se sua fé fosse “fraca”. Também disse que suas ações eram um tributo a Lennon, um ícone anti-religioso, cuja canção mais famosa pede um mundo sem religião.

9) Bonecos de ação da crucificação de Jesus [paródia]

Outro anúncio falso e que provavelmente nem deveria estar a esta lista, mas é uma paródia muito bem feita. O bonequinho de ação de Cristo pode fazer tudo. Ele “caminha sobre a água” e o kit vem com um soldado romano sádico e uma Maria Madalena que chora. Crianças, isso não está nas lojas, ok?

8 ) XXXChurch.com, “Jesus Loves Porn Stars”

Jesus-loves-porn-stars

Essa é real! Uma campanha online contra a pornografia foi realizada pelo ministério XXXChurch.com Eles defendem que Jesus ama as estrelas pornô, mesmo não aprovando o trabalho delas. É uma distinção sutil, que as pessoas podem (e vão) interpretar mal. O mais chato foi a tentativa da XXXChurch.com de encomendar 10.000 bíblias com a imagem acima e o slogan “Jesus ama os astros pornôs” na capa para distribuir em eventos da indústria de cinema adulto. O pedido foi negado pela American Bible Society.

7) Comercial da Plug TV, Bélgica

Uma boa maneira de criar controvérsia é mostrar um Jesus hippie e barrigudo, tomando uísque, entrando em um clube ao transformar os seguranças em anões e fazendo mulheres normais virarem diabinhas gostosas. Encerre mostrando ele em uma limosine assistindo TV. A Igreja Católica disse que essa promoção da Plug TV, um canal da Bélgica voltado para jovens, “ultrapassa os limites de respeitabilidade. Mas o comportamento impróprio de Jesus não tem consequências.No final do anúncio ele é levado para o céu, onde recebe uma bronca de Deus, que usa uma camiseta dizendo “pai número um”.

6) “Cristo morreu pelos nossos preços!”, das lojas Safeway

Safeway

É bom saber que todo o sofrimento na cruz não foi em vão.Os preços da rede Safeway realmente são bons. Obrigado, Jesus?!

5) Cartaz da festa rave durante a Páscoa

La-di-da

A crucificação realmente não é  a imagens mais apropriado para anunciar uma festa onde rola de tudo. Mas uma boate de Melbourne, na Austrália, fez uso da cena junto com as frases “Jesus morreu pelos pecados de alguém … mas não pelos meus!” e “Quinta-Feira Santa. A melhor noite do ano.”

4) “O quarto rei mago”, da Red Bull

Esta animação da Red Bull veiculada na Itália mostra um quarto rei mago juntando-se aos três mais conhecidos nas hora de dar presentes ao menino Jesus. Enquanto os outros trazem ouro, incenso e mirra, ele entrega latinhas de Red Bull. Imediatamente surgiram queixas dos padres italianos condenando anúncio, que foi tirado do ar. Ao que parece Jesus não precisa de energéticos pois já é todo-poderoso.

3) Jesus Jeans

Jesusjeans

A marca de jeans Jesus, fundada na Itália na década de 1970, usou muitos anúncios provocativos, dando fama ao fotógrafo Oliviero Toscani e a redatora Emanuele Pirella. O Vaticano, em particular, teve problemas com a marca, que parecia incentivar a luxúria e a cobiça da mulher do próximo.

2) Suco de Jesus

Jesus-juice

A idéia veio durante o julgamento de Michael Jackson por abuso sexual, em 2005. Foi divulgado que o músico referia-se ao vinho como o “suco de Jesus” quando supostamente o oferecia a meninos para seduzi-los. Um produtor da rede de TV CBS, que estava cobrindo o caso, tentou registrar a frase, desejando comercializar um vinho chamado Jesus Juice [suco de Jesus]. O rótulo traria uma imagem do Rei do Pop mesclada com a de Jesus. A idéia nunca decolou, mas foi amplamente noticiada.

1) Lojas Betta Electrical, “Dê um presente melhor”

Assim como o anúncio da Red Bull, esse comercial de uma loja de eletrônicos australiana reimaginou a cena clássica do presépio. Vemos o menino Jesus jogando fora os presentes dos três reis sábios em sua manjedoura. Evidentemente, ele desejava algo melhor, como um iPod o outro eletrônico moderno. Fica com o primeiro lugar em nossa lista por retratar Cristo como um materialista desde o momento em que nasceu.

E aí faltou alguma que você conheça?
Post adaptado da AdWeek. Tradução e edição Jarbas Aragão. Todos os direitos de tradução reservados.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for As piores tentativas de vender algo usando a imagem de Jesus

Deixe o seu comentário