Mortes coletivas de animais: sinal de que o fim dos tempos está próximo?

Quando se trata de morte coletivas de animais em 2011, já ouvimos falar de pássaros, peixes e agora as vacas. Para uma série de teólogos cristãos, isso  é o suficiente para sugerir que o fim dos tempos está próximo.

O episódio mais recente de uma bizarra série de mortes de animais ocorreu em 14 de janeiro. O Wisconsin Rapids Tribune informou que o Departamento de Polícia local enviou policiais para a cidade de Stockton, após um criador de gado descobrir cerca de 200 vacas mortas em um campo.

O proprietário, cujo nome foi ocultado pelas autoridades, disse suspeitar que os animais morreram de IBR (rinotraqueíte  infecciosa bovina), um problema respiratório, ou DVB (diarréia viral bovina), doença que pode danificar os sistemas digestivo e imunológico da vaca, levar à pneumonia e matar os bezerros das vacas prenhas. Autoridades enviaram amostras dos cadáveres de vaca para laboratório a fim de determinar a causa exata dessas mortes.

Independentemente do resultado das necropsias, muita gente acha que essa misteriosa morte do rebanho é um evento apocalíptico. O temor aumentou especialmente depois da sequência de eventos que custaram a vida de milhares de peixes no Brasil, centenas de aves na Suécia, na Louisiana, na Califórnia e no Alabama, muitos polvos em Portugal, dezenas de focas no Canadá e a epidemia que matou milhares de vacas e porcos na Coreia do Sul.

Alguns cristãos, incluindo o teólogo Paul Begley, acreditam que as mortes dos animais foram enviadas como um sinal que o fim dos tempos está se aproximando.

A morte das vacas, aves e peixes parece seguir a profecia estabelecidas pela Bíblia no livro de Oséias e seriam o resultado de quando o homem vira as costas para Deus. Diz o trecho do capítulo 4, versos de 1 a 3:

Israelitas, ouçam a palavra do Senhor, porque o Senhor tem uma acusação contra vocês que vivem nesta terra: “A fidelidade e o amor desapareceram desta terra, como também o conhecimento de Deus.

Só se veem maldição, mentira e assassinatos, roubo e mais roubo, adultério mais adultério; ultrapassam todos os limites! E o derramamento de sangue é constante.

Por causa disso a terra pranteia, e todos os seus habitantes desfalecem; os animais do campo, as aves do céu e os peixes do mar estão morrendo”.

“Há algo bíblico acontecendo como sinais da segunda vinda de Cristo”,  diz Begley em um vídeo que postou no seu canal do YouTube (abaixo, em inglês) . Sua mensagem pode assustar crentes e não-crentes. Mas não espere que a segunda vinda seja a qualquer momento. Ele acrescenta que “ainda temos de passar pelos sete anos de tribulação” e “a ascensão do anticristo” para que isso aconteça.

Fonte: Time

Tradução e edição: Agência Pavanews

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Mortes coletivas de animais: sinal de que o fim dos tempos está próximo?

Deixe o seu comentário