Papa quer cristãos mais presentes na internet e redes sociais e alerta para os perfis falsos

O Papa Bento XVI apresentou em uma conferência de imprensa a mensagem do 45ª Dia Mundial das Comunicações Sociais. O tema escolhido para a jornada deste ano é “Verdade, anúncio e autenticidade de vida na era digital”.

No encontro com os jornalistas, estavam os principais responsáveis do Conselho Pontifício para as comunicações sociais. O tema escolhido para este ano visa “colocar no centro de todos os processos da comunicação humana”.

O Papa estimulou os cristãos a marcar presença na internet e nas redes sociais” com criatividade consciente e responsável”. Afirmou ainda que a rede mundial de computadores tornou-se “parte integrante da vida humana” em nossos dias. “A web contribui para o desenvolvimento de formas novas e mais complexas de consciência intelectual e espiritual, de certeza partilhada. As novas tecnologias permitem que as pessoas se encontrem além dos limites do espaço e de suas próprias culturas, inaugurando assim um novo mundo de potenciais amizades”, declarou Bento.

A mensagem alerta os fiéis que “ é importante nunca esquecer que o contato virtual não pode, nem deve, substituir o contato humano direto com outras pessoas, em todos os níveis da nossa vida”.

O papa defendeu ainda que a transmissão do Evangelho nos espaços virtuais deve ser “encarnada no mundo real e dirigida aos rostos concretos dos irmãos e irmãs, com quem partilhamos a vida diária. Na transmissão da fé, permanecem como fundamentais as relações humanas diretas. É preciso haver um estilo cristão de presença também no mundo digital, que se traduz numa forma de comunicação honesta e aberta, responsável e respeitosa do outro. Devemos estar cientes de que a verdade que procuramos partilhar não extrai o seu valor da sua ‘popularidade’ ou da quantidade de atenção que lhe é dada”.

“Comunicar o Evangelho através dos novos media significa não só inserir conteúdos declaradamente religiosos nas plataformas dos diversos meios, mas também testemunhar com coerência, no próprio perfil digital e no modo de comunicar, escolhas, preferências, juízos que sejam profundamente coerentes com o Evangelho, mesmo quando não se fala explicitamente dele”, escreveu ainda.

O Papa considera que as novas tecnologias “estão mudando não apenas a maneira de se comunicar, mas a própria comunicação em si, podendo-se afirmar que estamos perante uma ampla transformação cultural”.

A mensagem fala sobre o nascimento de uma “nova maneira de aprender e pensar, com oportunidades inéditas de estabelecer relações e de construir comunhão”.

“As novas tecnologias da comunicação pedem para ser postas ao serviço do bem integral das pessoas e da humanidade inteira”, aponta. As redes sociais promovem a interação com outras pessoas na internet, tendo como base os perfis de cada usuário (fotos e informações pessoais).

Para Bento XVI, “o envolvimento cada vez maior no areópago digital público das chamadas redes sociais, leva a estabelecer novas formas de relação interpessoal, influindo sobre a percepção de si próprio e por conseguinte,  coloca inevitavelmente, a questão não só da lisura do próprio agir, mas também da autenticidade do próprio ser”.

Apesar de não ter Facebook nem Twitter oficial, Ratzinger, de 83 anos, disse crer que existem “grandes oportunidades” proporcionadas pelas redes sociais, sublinhando que neste “novo mundo” é urgente perguntar “quem é o meu próximo?”. “Na procura de partilha, por ‘amigos, existe o desafio de ser autêntico e fiel, e não ceder à ilusão de construir um perfil público artificial”, um alerta aos famosos perfis fakes (falsos).

O Dia Mundial das Comunicações Sociais é celebrado na maioria dos países no domingo que antecede o Pentecostes. A mensagem alusiva a esta data é publicada anualmente em 24 de Janeiro, por ser o dia de São Francisco de Sales, considerado padroeiro dos jornalistas.

Agência Pavanews, com informações da Radio Vaticana

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Papa quer cristãos mais presentes na internet e redes sociais e alerta para os perfis falsos

Deixe o seu comentário