A espiritualidade nas músicas do White Stripes e Lilly Allen

Em entrevista recente a um jornal irlandês, Jack White (foto), cantor, pianista e guitarrista do White Stripes e vários projetos paralelos, declarou ter um chamado religioso.

O músico de 35 anos afirmou que quase optou pela vocação e se tornou padre na adolescência. Porém, ele entende que o chamado é igualmente válido para sua carreira musical.

“Aos 14 anos pensava que poderia vocação para ser padre… mas os cantores de blues têm os mesmos sentimentos que alguém com um chamado para ser sacerdote pode ter”, explicou. “Então, pensei que talvez precisasse me dar a chance de tocar minha música enquanto ainda era adolescente. Acho que é um chamado diferente, não para o altar, mas para o palco”.

Alguns dias depois, foi a vez da cantora pop Lily Allen chamar atenção para o uso inesperado de uma de suas músicas. Pelo Twitter, ela manifestou apoio ao bispo de uma igreja em Sheffield, Inglaterra. O rev. Steven Croft tem utilizado a canção “The fear” (cantada e composta por Allen) como parte de uma série de cinco estudos bíblicos elaborados por sua igreja.

O reverendo, porém, escolheu a versão editada para rádios, sem os palavrões da música original, e sugeriu que os líderes dos grupos de estudo instruíssem as pessoas a ouvir apenas essa. Autor do guia de estudos, Croft entende que “The Fear” [O medo] consegue capturar “um pouco do espírito desta época”.

A canção tem uma letra sarcástica que diz: “A Life [revista americana] é mais sobre estrelas de cinema do que sobre mães/
Tudo se resume a carro velozes e a falar mal um do outro/
Mas nada disso importa, porque eu estou em uma embalagem de plástico/ E é isso o que faz da minha vida tão fantástica”.

Veja o vídeo e letra completa abaixo:

Agência Pavanews. com informações de Belfast TelegraphUncut.

.

O Medo
Eu quero ser rica e quero muito dinheiro
Não quero ser nem inteligente nem engraçada
Eu quero um monte de roupas e uma porrada de diamantes
Ouvi dizer que pessoas morrem tentando encontrá-los.

E vou arrancar minha roupa e não terei nenhuma vergonha
Porque todo mundo sabe como é que se fica famoso
Vou dar uma olhada no The Sun e no The Mirror [jornais londrinos]
Eu estou no caminho certo, sim. Eu sou uma vencedora.

[Refrão]
Eu nem sei mais o que é verdade e o que é real
E nem sei mais como deveria me sentir
Quando você acha que tudo isso vai ficar claro?
Porque estou sendo dominada pelo medo

A Life [revista americana] é mais sobre estrelas de cinema do que sobre mães
Tudo se resume a carro velozes e a falar mal um do outro
Mas nada disso importa, porque eu estou em uma embalagem de plástico
E é isso o que faz da minha vida tão fantástica

E eu sou uma arma do consumo em massa
E não é minha culpa pois é assim que fui programada pra funcionar
Vou dar uma olhada no The Sun e no The Mirror [jornais londrinos]
Eu to no caminho certo, sim. Eu sou uma vencedora.

[Refrão]
Eu nem sei mais o que é verdade e o que é real
E nem sei mais como deveria me sentir
Quando você acha que tudo isso vai ficar claro?
Porque estou sendo dominada pelo medo

Esqueça as armas, esqueça as munições
Porque estou matando todos eles graças a minha pequena missão particular
Agora eu não sou uma santa, mas também não sou uma pecadora
Agora tudo está legal contanto que eu emagreça

[Refrão]
Eu nem sei mais o que é verdade e o que é real
E nem sei mais como deveria me sentir
Quando você acha que tudo isso vai ficar claro?
Porque estou sendo dominada pelo medo

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for A espiritualidade nas músicas do White Stripes e Lilly Allen

Deixe o seu comentário