O parquinho de Deus

Joevan Caitano

“Quando a gente conversa contando casos, besteiras. Tanta coisa em comum, deixando escapar segredos” (Cazuza).

Papai do céu, somos todos um bando de crianças brincando no parquinho onde você é o dono.

Sentimo-nos seguro porque você não dorme só para nos ver dormindo sobre a grama;

Você não dorme só pra ver a gente soltar pipa olhando o céu azul, obras das tuas mãos.

Você não dorme só para nos ver brincando na guerra de esconde – esconde, mesmo naquelas horas em que nos escondemos das artimanhas do capeta;

Você não dorme só para nos ver pegando aquelas ondas maravilhosas na praia e quando vem a onda do mal o teu Espírito Santo nos alerta dizendo: saí fora meu filhinho… O ministério espiritual adverte: esse caixote é prejudicial a você. E nós saímos correndo em fuga e quando chegamos na areia, você está lá de braços abertos para nos abraçar e nos dar segurança.

Você não dorme só para nos ver rabiscando papéis com pincel e cartolina tentando desenhar um retrato ou, uma caricatura da tua majestade, mas você entende e perdoa os nossos borrões.

Nós te agradecemos porque mesmo nas horas em que pecamos e erramos o alvo, e devido o nosso amadorismo decorrente da nossa fragilidade da visibilidade espiritual, acertamos a nota dó sustenido ao invés de dó, esbarramos em duas notas, os nossos erros machucam os teus ouvidos, desafinam a nossa relação criatura x criador mas, mesmo assim, você nos dá um montão de chances e você ainda fica torcendo pra gente acertar a nota certa, e quando acertamos, você bate palma e canta conosco até a última nota, o último acorde da canção.

Você se entristece vendo os adultos correndo iguais uns loucos atrás de riquezas materiais, muitas vezes numa disputa desumana. “As riquezas são como a água do mar, quanto mais você bebe, mais você fica com sede” dizia Arthur Schopenhauer, entretanto, quando nós ficamos salgados e estressados, você nos oferece a fonte de águas vivas, daí bebemos e paramos automaticamente de ter sede. Te agradecemos porque você é a fonte de todo o prazer, resta-nos, voltar a ser criança e curtir todas as delícias do melhor parque de diversões.

E o tempo passa arrastado, só pra ficarmos ao teu lado. Amém

fonte: Joe Black

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for O parquinho de Deus

Deixe o seu comentário