Pessoas criativas são mais desonestas

“Moralmente flexíveis.” Nas palavras de pesquisadores das Universidades de Harvard e de Duke, nos EUA, é o que as pessoas especialmente criativas são. Eles alertam: muita criatividade motiva o pessoal a “pensar fora da caixa” (ou seja, a enxergar as coisas de formas pouco convencionais, a fugir das regras). O que é ótimo em vários sentidos. Mas, segundo os caras, essa motivação tende a levar as mentes férteis a um comportamento, em tradução bem livre, sacana, desonesto, malandro, antiético, sem vergonha, e assim vai.

Eles afirmam isso depois de comprovar a hipótese em quatro experimentos (feitos com um total de 1262 voluntários). Neles, a tendência foi clara: quanto mais criativos os participantes eram (o “nível de criatividade” de cada um foi medido em entrevistas preliminares), maior a tendência que tinham a trapacear nos testes propostos pelos pesquisadores. “A criatividade prediz o comportamento antiético mais do que a inteligência“, diz o estudo. Em parte, também, porque os criativos são mais hábeis na hora de justificar as safadezas cometidas. Fazem coisa errada, mas compõem uma desculpa bonitinha num piscar de olhos.

Fonte: Superinteressante

 

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Pessoas criativas são mais desonestas

Deixe o seu comentário