Justiça decide que inglês tem QI muito baixo para fazer sexo

Um homem com QI baixo foi proibido pela Justiça de fazer sexo no Reino Unido. O sujeito de 41 anos tinha um relacionamento com outro homem, identificado como Kieron, com o qual vivia. Ele disse a autoridades que o relacionamento “o fazia feliz” e, por isso, gostaria de dar continuidade a ele.

O juiz citou que a “inclinação vigorosa ao sexo” de Alan, como o julgado é conhecido, era inapropriada e que o seu QI de 48, associado a um problema de aprendizagem moderado, faz com que ele não tenha noção plena do que esteja vivendo, segundo reportagem do “Daily Telegraph”.

O juiz determinou, portanto, que Alan não pode ter relação sexual porque não tem capacidade mental para entender os riscos à saúde que a atividade pode implicar. A decisão judicial determinou que Alan fique sob rigorosa observação do Estado, a fim de evitar novos envolvimento sexuais, e que ele more em local fornecido por autoridades da cidade em que vive. Alan já foi flagrado fazendo gestos obscenos em público.

Um psiquiatra envolvido no caso se recusou a solicitar que o homem de 41 anos passe por aulas de educação sexual, pois, segundo ele, elas o deixariam ainda mais confuso.

Fernando Moreira, no Page Not Found.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Justiça decide que inglês tem QI muito baixo para fazer sexo

Deixe o seu comentário